Houve Festa na Aldeia (do Carnaval)

Por em 30/01/2018

A organização do «Carnaval de Ovar» usa todos os meios para fazer da nossa festa grande um evento cada vez maior. No Sábado passado esteve tudo a postos para que a «Aldeia do Carnaval» assistisse a uma avalanche de foliões. Tal acabou por não acontecer. Quem saiu de lá «mais cedo» partiu até com algum desânimo face à expetativa que tinha ficado na memória do ano anterior em que, curiosamente, o S. Pedro nem sequer foi tão «meigo» com os presentes como em 2018.

Em abono da verdade e da memória da «Vitamina da Alegria» a génese deste evento tem origem ainda antes da entrada em funcionamento do equipamento que agora serve de sede aos Grupos e Escolas de Samba. As «Joanas do Arco da Velha» foram as precursoras de uma festa que, de alguma forma, marcava a noite anterior à «Chegada do Rei» como a primeira de todos os excessos. Muitos foram os foliões que, das antigas «Sedes da EDP» saíram diretos do rescaldo do Disco Sound para o desfile real, que à data partia ali bem de perto…

Mais tarde, já na «Aldeia do Carnaval», foram os «Zuzucas» o primeiro grupo a retomar a ideia. De início com os «Vampiros», os «Xaxas», os «Hippies» e os Pinguins; e com o tempo unindo as sedes vizinhas num evento que acabou por se auto-intitular «Festa da Viela de Trás» por não se realizar voltada para a avenida principal da aldeia. Viveram-se festas rijas, que muito contribuíram para a união entre os «vizinhos» e que começaram a atrair ao local muita gente que vive o Carnaval mas não desfila…
Foi então que a Câmara Municipal de Ovar achou por bem (e bem) incluir esta noite na programação oficial da «Vitamina da Alegria». Sem lhe retirar identidade, deixou ao critério dos Grupos e das Escolas de Samba a programação da noite.

O resultado é a Festa «das festas», com todos a oferecerem animação pela noite dentro e a abrir as portas dos bares a todos os que queiram aparecer. É uma noite para andar de sede em sede, encontrar amigos, ganhar fôlego para o dia seguinte e, de alguma forma marcar o dia em que, doravante falta pouco para que tudo tenha que estar pronto para os grandes desfiles. Será tempo de trabalhar a sério. Não que ainda não o tenham feito, mas o Carnaval não seria o mesmo se, até ao limite, não se trabalhasse contra o tempo…

Regressando ao início do nosso texto, talvez a ausência de uma maior massa humana se deva, em parte, ao facto de ser incompatível uma festa de excessos, num local onde o transporte preferencial é o automóvel; com as (legítimas e compreensíveis) operações de controlo rodoviário que são montadas pela noite fora. As multas são pesadas e nem todos aguentam ficar na «Aldeia do Carnaval» até de manhã…
Segue-se o desfile da «Chegada do Rei». Até 13 de Fevereiro, «Não há Carnaval igual ao de Ovar»

Deixamos ainda uma fotogaleria:

 


Fotos: Luís Filipe Silva
Texto: Jaime Valente


Opinião dos leitores
  1. Vampiros Grupo de Carnaval   Em   31/01/2018 pelas 16:28

    Permitam-nos uma correção…
    Não foram os Vampiros, sozinhos, que iniciaram a festa da viela de tras, mas alguns elementos representantes dos Zuzucas (que tiveram a ideia original) depois transmitiram aos Vampiros , aos Xaxas, aos Hippies e aos Pinguins, e posteriormente a todos os grupos e escolas de samba daquele sector.
    Onde todos concordaram em iniciar a FESTA DA VIELA DE TRAS !!
    Logo a Festa começou com a ajuda de todos….
    Fica a correção…um abraço á AVFM, agora em 98.6 !!

    • AVfm   Em   31/01/2018 pelas 18:43

      Obrigado por estarem atentos! Texto corrigido, com as nossas desculpas.
      Ainda bem que é Carnaval… assim ninguém leva a mal 🙂
      Abraço para todos, sem exceção; e que tudo corra pelo melhor!

  2. Edgar Marquez   Em   30/01/2018 pelas 21:03

    Acho piada falarem nas festas na Aldeia, a foto de capa é nas Sedes das Melindrosas, no evento realizado com em conjunto com os Pindericus que foi (mais uma vez) uma sucesso. (comprava-se pela vossa foto). Caso desconheçam, esta parceria existe pelo 4ºAno consecutivo, antes de aparecer a ” Festa na Aldeia ” pela programação geral do Carnaval. De qualquer forma, bom Carnaval a toda a equipa da AVFM, e votos de muita folia.

    • AVfm   Em   30/01/2018 pelas 22:34

      Caro Edgar Marquez, agradecemos o seu comentário. Ficamos, contudo, na dúvida se leu o texto da notícia; já que o mesmo em nada contraria o que disse, antes pelo contrário…
      Bom Carnaval!

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST