Seniores Femininas da Ovarense perdem frente ao Cesarense e a festa fica adiada

Por em 01/03/2018

Esperava-se mais das meninas vareiras na deslocação a Cesar! Em jogo do Campeonato de Promoção contra o Cesarense, a Ovarense jogou mais de uma hora contra 10 mas as oportunidades de golo foram muito escassas. É verdade que a guardiã Diana abusou no anti-jogo, mas as vareiras tinham de fazer mais no segundo tempo.

A Ovarense perdeu por 2-1 frente ao Cesarense, equipa que é composta por antigas atletas da AD Ovarense e que mostrou ser uma equipa muito sólida e perigosíssima no ataque. A defesa alvinegra raramente conseguiu parar Susana Rocha e Noémia Baptista (duas antigas atletas vareiras). Ambas são irrequietas e deram muitas dores de cabeça ao quarteto defensivo.

Paulo Campino, treinador das vareiras, não pôde contar com Adriana devido a lesão e com Joana Gomes que está a representar a Seleção Portuguesa de Sub-17. Na baliza atuou Lara Sousa; um quarteto defensivo composto por Ninja, Ema Aleixo, Jojó e Mariana Campino; no meio campo jogaram Mariana Almeira, Diana Gonçalves e a capitã, Sara Lopes; enquanto o trio de ataque das vareiras foi móvel e pertenceu a Betinha, Jordão e Rute Silva.

Bruno Azevedo, que substituiu Cândido Costa no comando técnico do Cesarense, apostou em Diana, Cátia Reis, Eliana, Tininha, Ju, Márcia, Cristiana Vaz, Ritinha, Ana Manuel, Noémia Baptista e Susana Rocha. É caso para dizer que mais de 50% deste onze pertencia, na época passada, à equipa vareira.


A Ovarense sentiu muitas dificuldades no início da partida graças a uma entrada fulgurante da turma de Cesar: decorria o minuto 3′ quando Susana Rocha bateu um canto que encontrou Cátia Reis solta de marcação. A central respondeu da melhor forma e fez o primeiro na partida.

O Cesarense continuava a carregar e Susana Rocha ainda marcou, mas o golo foi anulado pela equipa de arbitragem. As vareiras eram sufocadas e o segundo tento apareceu aos 9′, com Susana outra vez na assistência. Desta vez, foi Ritinha a bater Lara Sousa, guardiã que nada podia fazer.

Segundos depois do golo do Cesarense, apareceu a resposta das vareiras: numa desconcentração total da defesa do Cesarense, Rute Silva foi muito perspicaz ao ficar à espreita para reduzir o marcador.

Este golo originou uma grande confusão: Cristiana Vaz pegou-se com Sara Lopes e depois respondeu à bancada vareira. A antiga médio da ADO quis mesmo tirar satisfações, o que originou a sua expulsão.

O jogo parecia estar mais risonho já que as vareiras iam atuar aproximadamente uma hora com mais uma jogadora e precisavam apenas de um ponto para se tornarem campeãs da Série C do Campeonato de Promoção.


Ao intervalo, Paulo Campino reajustou a sua equipa e colocou em campo Soares e Joana Pinho, alterando também o sistema tático e passando a jogar com uma defesa a 3.

Na segunda parte, houve pouco jogo já que a partida esteve muito tempo parada para assistência a atletas do Cesarense, principalmente para a guardiã Diana que abusou no anti-jogo. Apesar disso, as vareiras tinham de fazer mais! Apenas assustaram já perto do minuto 90: primeiro por Rute Silva e depois por Mariana Campino.

O Cesarense foi muito organizado e aproveitou transições rápidas de Noémia Baptista e Susana Rocha. Perto do final, Lara Sousa ainda fez a defesa da tarde mas depois «sujou a pintura» já que, após o apito final, recebeu ordem de expulsão.

Joel Magina foi o repórter da Rádio AVfm no local. Ouça as declarações dos técnicos:

  • Declarações FC Cesarense | Bruno Azevedo:

 

  • Declarações AD Ovarense | Paulo Campino:

 

O Cesarense mereceu sair vencedor desta partida sobretudo pela forma como conseguiu anular as vareiras na segunda parte.

A AD Ovarense ficou com a festa adiada, uma festa que iriá ter um doce sabor. Apesar de ficar adiada, tudo indica que a consagração vai acabar por aparecer nas próximas jornadas, pois falta apenas um ponto para se consumar.

Nas jornadas que restam, a AD Ovarense desloca-se à casa equipa B do Valadares de Gaia e recebe o lanterna vermelho, Tarei. No entanto, no próximo domingo há Taça de Aveiro no Marques da Silva. Um jogo que coloca frente a frente a AD Ovarense e o Clube de Albergaria.

 


Fotos: Melissa Silva
Texto: Joel Magina
Áudio: Jaime Valente


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST