O «dérbi da chuva» enxurrou a Ovarense para fora da Taça de Aveiro

Por em 08/03/2018

A equipa feminina da AD Ovarense está fora da Taça de Aveiro. Nos quartos de final (que se jogaram mesmo após a polémica), as meninas de Paulo Campino sucumbiram perante o Clube Albergaria. O carrasco da ADO veio ao Marques da Silva para triunfar por 2-0 e superar o ambiente do estádio alvinegro e o complicado estado do terreno que, aliado ao mau tempo que se fez sentir por Ovar no domingo passado, tornou o encontro pesado e nem sempre bem jogado.


O primeiro tempo ainda teve sinal mais da Ovarense. As anfitriãs entraram com vontade de discutir o encontro e criaram algumas chances para marcar. Mas, a pouco e pouco, o Albergaria foi tomando conta das operações e, ao intervalo, já vencia por 1-0. O golo da ala Dani (uma das melhores em campo) valeu a vantagem aos 42 minutos.

A Ovarense ainda tentou reagir, mas a etapa complementar das vareiras gerou menos calafrios à guardiã do Albergaria, Sara Oliveira. O cansaço acumulava-se e a partida perdia qualidade. Assim, as anfitriãs atacavam quase sempre sem grande critério e viam as fortes defensoras do Albergaria levar a melhor.

Quem aproveitou para brilhar foi mesmo Lara Sousa. A guarda-redes vareira fez um excelente jogo e evitou, por várias vezes, males maiores. Contudo, aos 75′, não foi capaz de segurar mais um golo para a equipa contrária: ou melhor, ainda o segurou numa primeira vaga – com uma defesa a um livre direto – mas já nada pôde fazer na recarga.


Selado o marcador com o apito final do juiz Daniel Marques, a Ovarense pode pelo menos orgulhar-se de ter colocado em sentido o 9º classificado da Liga Allianz, o principal campeonato do futebol feminino português. Algo que foi salientado pela técnico albergariense, Paula Pinho, no rescaldo da partida: «foi um jogo equilibrado, ponto. […] A equipa da Ovarense é uma equipa com qualidade e isso é demonstrado pelo campeonato que estão a fazer e pelas legitimas aspirações que têm a subir de divisão. Não teria sido um drama se tivéssemos sido eliminadas na primeira eliminatória da Taça de Aveiro.»

Já Paulo Campino, treinador da ADO, gostou da atitude das suas atletas e desvaloriza as 3 derrotas consecutivas que a equipa averbou recentemente. «Tivemos duas derrotas contra clubes de mais valia, clubes da Liga Allianz. E, contra o Cesarense, fizemos muitas alterações na equipa porque estamos já a preparar a segunda fase, a ver o que temos e o que não temos. […] Também vamos a Valadares com muitas alterações e queremos ganhar na mesma. Mas mais, queremos é ganhar uma equipa para a segunda fase.»

De facto, a Ovarense tem uma complicada viagem até ao reduto do Valadares de Gaia B, no próximo domingo. Basta apenas um ponto para que a Ovarense se sagre campeã da Série C do Campeonato de Promoção e siga para a segunda fase da prova que dá acesso à Liga Allianz. Por isso, mesmo com a rotatividade já prometida, o objetivo deverá passar pela vitória.

Agora, a única meta da equipa vareira fixa-se no campeonato. A boa prestação na Taça de Portugal terminou nos oitavos de final, aos pés do CF Benfica. E, na Taça de Aveiro e pelo terceiro ano consecutivo, a Ovarense não foi capaz de ultrapassar o Clube Albergaria.

Não há ninguém que tenha esquecido a forma como a Ovarense não alcançou a subida de divisão na época passada. O sonho ficou-se pelos penáltis da meia final que garantia a automática promoção. Este ano, a Ovarense quer redimir-se e assentar fileiras na principal divisão do futebol português fazendo da sua formação feminina a derradeira bandeira do cube.


Pedro Silva foi o repórter da Rádio AVfm no jogo entre AD Ovarense  e Clube Albergaria. Ouça as declarações dos técnicos:

Declarações AD Ovarense | Paulo Campino:

 

  • Declarações Clube Alergaria | Paula Pinho:

 

FICHA DE JOGO

AD Ovarense: Lara Sousa, Ninja, Joana Pinho, Jojó (Sara Lopes, 85′), Mariana Campino (cap.), Diana Gonçalves, Joana Gomes, Betinha (Mariana Almeida, 87′), Beatriz Jordão (Bruna Antunes, 68′), Rute Silva, Catarina Soares.

Clube Albergaria: Sara Oliveira, Joana Lourenço, Patrick, Carolina Silva (cap.), Joana Santos, Patrícia Oliveira, Catarina Almeida, Joana Baptista, Ticha (Cláudia Silva, 90′ + 2), Dani, Ana Vilela (Cátia Marques, 80′).

Veja a fotogaleria do encontro:

 


Fotos: António Silva
Texto: Pedro Silva
Áudio: Jaime Valente

 

 

 


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST