Primeira parte de oferta adia a festa das meninas da AD Ovarense para a última jornada

Por em 13/03/2018

Ainda não foi desta que as meninas da AD Ovarense foram consagradas campeãs da Série C do Campeonato de Promoção. Continua a faltar um pontinho para que avancem para a próxima fase e as alvinegras atravessam a pior fase da época (4 derrotas consecutivas) sem conseguirem reverter a situação.

A Ovarense perdeu em casa da equipa B do Valadares por 4-2, protagonizando uma péssima primeira parte. Raras foram as ocasiões em que as vareiras conseguiram sair com critério para o ataque. Pela frente encontraram um Valadares que, apesar de ser equipa B, possui jogadoras com muito talento.

Paulo Campino realizou muitas alterações de forma a testar as jogadoras mais novas, mas a verdade é que não correu bem. Alinhou, na baliza, com Pêras; na defesa jogaram Sónia Silva e Mariana Campino nas laterais, enquanto que no eixo defensivo alinharam Ema Aleixo e Mariana Almeida; no miolo atuou a capitã Sara Lopes, Bruna Gomes e Betinha; enquanto que o trio da frente foi composto por Antunes, Rute Silva e Soares.

Nuno, técnico do Valadares de Gaia B, apostou em Cátia Marinho, Juliana, Inês Santos, Inês Arruda, Ana Rita Machado, Ana Rodrigues, Anabela, Daniela Pereira, Ana Correia, Sofia Scapini e Joana Ferreira.

Como já referido, foi uma daquelas primeiras partes para esquecer, houve pouca Ovarense e o Valadares aproveitou da melhor forma. Juliana andiantou as canárias no marcador após um remate à boca da àrea que não deu hipótese a Pêras. As vareiras não conseguiam estender o seu jogo e foram raríssimas as transições ofensivas.


Paulo Campino não estava a gostar mas continuava a puxar pelas suas meninas e acreditava que tudo podia mudar.

Ao minuto 45′, apareceu o segundo para o Valadares: Joana Ferreira fez o que quis no meio das defesas vareiras e atirou para o golo. O desânimo das jogadoras da ADO foi total e até os próprios adeptos já se iam conformando que a festa não seria realizada em Gaia.

Mas, depois do intervalo, as vareiras entraram irreconhecíveis e sufocaram por diversos momentos as atletas do Valadares. Joana Pinho e Jojó entraram no segundo tempo e vieram dar experiência à defesa vareira.

O golo da Ovarense apareceu mesmo por parte de Soares. A avançado aproveitou um ressalto de um cruzamento de Jordão que embateu na trave e depois valeu-se da sua raça para fazer um carrinho que empurrou a bola e reduziu o marcador.

Mas o Valadares era inteligente na sua abordagem ao jogo e aproveitava as transições conduzidas por Sofia Scapini, a maestra desta equipa. Apesar do predomínio vareiro, o Valadares chegou ao terceiro através de um tento de Joana Ferreira, jogadora que bisou na partida. E, aí sim, foi o atirar da toalha ao chão! A Ovarense via-se prejudicada por uma primeira parte completamente apática e que foi a grande razão para esta derrota.

Ainda antes do apito final, aconteceram mais dois golos, um para cada lado: primeiro foi a irrequieta Andreia Freitas a fazer o quarto para as canárias e, na resposta imediata, Rute Silva foi muito perspicaz e aproveitou uma bola largada pela guardiã para estabelecer o resultado final.

Joel Magina foi o repórter da Rádio AVfm no local. Ouça as declarações dos técnicos:

  • Declarações Valadares Gaia FC B | Nuno Pereira:

 

  • Declarações AD Ovarense | Paulo Campino:

 

Uma derrota merecida para a AD Ovarense que realizou a pior primeira parte da época. No segundo tempo, tudo mudou mas já era tarde demais!

As vareiras continuam a precisar de um ponto para guardarem o primeiro lugar da Série C. Já o Valadares, com esta vitória, deu um passo muito importante para conseguir o segundo posto.

Para a semana, tudo indica que haverá festa. A AD Ovarense recebe a turma do Tarei que continua com zero pontos na classificação. A turma do Valadares pode carimbar o segundo lugar se conquistar uma vitória na casa do Fiães SC.

 


Fotos: Joel Magina
Texto: Joel Magina
Áudio: Jaime Valente


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST