Ovar esteve em Jazz

Por em 22/04/2018

De 19 a 22 de abril ocorreu, no «Centro de Arte de Ovar», a primeira edição do «Ovar em Jazz». Este acontecimento surge no âmbito da programação em rede da «Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro» (CIRA) com o objetivo de captar o público interessado para momentos de aprendizagem e realçar a importância deste género musical.

Fátima Alçada, programadora cultural da «Câmara Municipal de Ovar», afirma que este projeto traz “uma abrangência regional que nos agrada”. Quanto aos objetivos do mesmo realça que “só fazia sentido um ciclo que fosse muito para além do concerto, em que houvesse lugar à formação, à conversa, a ouvir jazz de uma maneira bastante mais descontraída”.

Para isso, durante 4 dias foram feitos concertos com grandes nomes do Jazz português e internacional, como Carlos Bica e John Patitucci. Também pudemos contar com oficinas de improvisação, Jam sessions, materclasses e ainda uma big band composta por crianças e jovens.

Foram dias preenchidos. começando logo pelo primeiro em que os interessados tiveram a oportunidade de apresentar o resultado final da oficina de improvisação, um workshop gratuito que aconteceu nos dias 7, 8, 14 e 15 de abril.

 

A oficia foi dirigida por João Martins (baterista), Fábio Almeida (saxofonista) e Sérgio Tavares (contrabaixista) e consistiu em apelar à criatividade do público em momentos de improvisação e composição.

Jaime Valente esteve à conversa com dois dos responsáveis do workshop, Sérgio e João:

 

Ainda conversou com alguns participantes desta oficina de improvisação:

 

Fique com o registo fotográfico do primeiro dia:

 

No segundo dia, os participantes puderam assistir a uma Masterclass com Frank Mobus, Jim Black e um dos artistas de Jazz em Portugal que alcançou maior projeção na Europa, Carlos Bica.

 

Por volta das 22h desse mesmo dia, deu-se o concerto deste trio que marcou o seu regresso em disco e em palco, passados 20 anos.

Jaime Valente esteve à conversa com Carlos Bica:

 

O dia terminou da melhor forma, com uma Jam session preconizada pela Big Band do Conservatório de Música de Aveiro. Este grupo é multidisciplinar, composto por 5 saxofones, 4 trompetes, 4 trombones e secção rítmica: piano, bateria, contrabaixo e guitarra elétrica.

Fique com o registo fotográfico do segundo dia:

 

Dia 21, houve uma formação apelidada de «Children Of The Light». Ao comando estiveram nomes sonantes e com grande destaque nesta primeira edição do «Ovar em Jazz»: Danilo Pérez, John Patitucci e Brian Blade. Depois do concerto, regressaram as Jam Sessions, desta vez com «Phantom Trio», liderado pelo conterrâneo João Martins.

Fique com o registo fotográfico do terceiro dia:

 

Deu-se por terminada esta primeira edição com um concerto da «Big Band Junior», no Auditório do «Centro de Arte». Esta banda é constituída por crianças e jovens entre os 12 e os 19 anos e apresenta o repertório da Bernardo Sasseti, grande compositor e pianista português.

 

Fique com o registo fotográfico do último dia:

 

Fátima Alçada não fechou a hipótese de Ovar voltar a abrir os braços para mais uma edição. É caso para dizer que Ovar esteve e poderá continuar em Jazz!

 


Ligações úteis

 


Fotos: António Dias
Texto: Catarina Santos
Áudio: Jaime Valente

 

 

 


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST