Bailarino Rui Horta interrompe ausência de três décadas e sobe ao palco no Centro de Arte de Ovar

Por em 26/09/2017

30 anos depois, o coreógrafo e bailarino Rui Horta, de 60 anos, está de regresso aos palcos. «Vespa» é o nome do espetáculo que o artista vai apresentar no Centro de Arte de Ovar na próxima sexta-feira, 29 de setembro, às 22h.

A peça é uma reflexão introspetiva sobre os pensamentos e a forma como um simples «zumbido» ou ideia fugaz que surja na mente pode influenciar as atitudes das pessoas.

«Vespa» vai recorrer a um figurante amador de Ovar a ser selecionado numa audição que decorre esta quinta-feira, às 17h30, na Escola de Artes e Ofícios.

O objetivo é escolher uma criança do sexo masculino, entre os 7 e os 10 anos, para acompanhar Rui Horta no palco durante a peça. Depois, o jovem eleito precisa de ter disponibilidade para ensaiar no dia seguinte com o artista, durante a tarde.

Rui Horta completou a formação em dança nos anos 70, em Nova Iorque, onde além de se formar foi intérprete durante alguns anos. No regresso a Portugal fundou e dirigiu a Companhia de Dança de Lisboa. Como coreógrafo, encenador e cenógrafo criou obras para diversas companhias em Portugal e no estrangeiro. Em 2008 foi agraciado com a Ordem do Infante D. Henrique pelo valor do seu trabalho artístico.

Três décadas depois, prepara-se assim para voltar a concentrar atenções em palco, com Ovar a ter a oportunidade de assistir ao regresso.

 


Foto: Público
Texto: Ricardo Marques


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST