Final de loucos sorri ao SC Esmoriz em dérbi vareiro contra a Ovarense

Por em 10/10/2017

Era a quarta jornada do Campeonato Safina, divisão de elite da Associação de Futebol de Aveiro, e frente a frente encontravam-se as duas maiores referências do futebol no nosso município, o SC Esmoriz e a AD Ovarense, num dérbi aguardado com expectativa. As duas equipas precisavam de um resultado positivo após prestações menos conseguidas nas últimas semanas de competição. A partida acabou por sorrir à formação da barrinha, que saiu triunfante sobre os vareiros pelo resultado final de 1-0, obtido mesmo ao cair do pano. Mas vamos às ocorrências…

Nesta tarde de domingo com tempo perfeito para a prática de futebol, ambos os técnicos aproveitaram para fazer algumas alterações no onze inicial, em busca de dar um pontapé na senda negativa de resultados.

Do lado do Esmoriz, Narciso Ratinho fez alinhar na baliza Renato Lopes; na defesa Ruca, Rúben Pereira, Yannick Dao e João Dias; no miolo actuaram Celosdonio Mate, Júlio Coronel e o capitão Pedro Godinho; o ataque arrancou com Kalunga, Moses e João Alves no centro.

Quanto à Ovarense, Artur Marques baralhou algumas peças e colocou na baliza Samuel Biscaia; na defesa entrou Pedrinho, Fábio Pereira, Kokas e David Rocha; no meio-campo Miguel, João Paulo e Marmelo na dianteira; já no ataque começou Parreira, Fred e Bruno Afonso como referência na frente.

A primeira parte ainda prometeu logo de início quando o atleta da casa, João Alves, no lance inaugural da partida, rematou às malhas laterais correspondendo a passe rasteiro de Kalunga.

Na resposta, aos 3’, o ponta-de-lança da Ovarense Bruno Afonso apareceu dentro da área do Esmoriz com boas hipóteses de finalização depois de contornar o guarda-redes Renato Lopes mas, com ângulo de remate reduzido, falhou por completo o alvo.

Seria apenas “fogo de vista”, já que a primeira parte acabou por ser monótona devido às constantes paragens no jogo para que os atletas vareiros recebessem cuidados médicos.

Foram sobretudo uns primeiros 45 minutos quezilentos, com muitas disputas físicas a meio-campo e pouco futebol jogado, cuja consequência foram os 5’ de tempo extra. O melhor que se retira foi uma oportunidade ao passar dos 43’, por João Alves, que rematou na linha de área, do lado direito do ataque, e viu a bola passar rente à trave da baliza defendida por Samuel.

As emoções estavam assim reservadas para uma segunda parte que começou logo com um aviso de Júlio Coronel, aos 48’, ao rematar de bicicleta bem no centro da área mas por cima da baliza, após cruzamento na direita de Moses.

Aliás, os esmorizenses entraram determinados a desfazer a igualdade no marcador e, já depois de outro aviso, o recém-entrado João Carvalho (substituiu Moses) teve tudo para finalizar de cabeça a cerca de um metro da linha de golo, ao segundo poste, mas desperdiçou clamorosamente atirando por cima.

A melhor oportunidade, para além do golo, estava reservada para Celosdonio Mate, aos 71’, na sequência de um drible e de um passe rasteiro de Pedro Godinho para a entrada da área, com Mate a rematar demasiado colocado e com efeito, embatendo o esférico no poste direito da baliza de Samuel.

Ainda no enfiamento do lance, Kalunga ultrapassou Pedro Soares junto à linha final e cruzou ao primeiro poste para ver João Carvalho falhar a finalização de cabeça, pressionado nas costas por Fábio Pereira.

Depois de vários avisos, e quando poucos ainda acreditavam, os anfitriões acabaram mesmo por chegar à vantagem com o golo de Rafa, substituto de Mate, que aos 88´ rematou contra um dos elementos que compunham a barreira defensiva da Ovarense dentro da área e viu Samuel Biscaia ser traído pelo desvio, entrando a bola junto ao poste esquerdo. Lance fortuito, mas que repunha a justiça para quem tanto procurou a sorte.

A perder, a formação vareira naturalmente que arriscou tudo e avançou todas as suas peças no terreno. Foi precisamente nesta fase que teve as suas melhores oportunidades no jogo, e as duas por intermédio de Marmelo. Aos 93’, Parreira, já dentro da área, arrancou pelo lado esquerdo, fez um cruzamento-remate e viu Marmelo sacar um “valente marmelo”. O jogador vareiro falhou o desvio a meio metro da baliza desamparada, numa zona central, quando Renato estava já batido. Artur Marques, no final do jogo, queixou-se das condições de terreno naquela zona que, segundo ele, impediram a igualdade.

Precisamente no minuto seguinte, o mesmo Marmelo teve um livre directo perigoso, descaído sobre o lado direito do ataque, a penalizar uma falta infantil de Ruca sobre João Paulo. Desta vez, o centrocampista encheu o pé e viu Renato ao de leve desviar a bola com a ponta da luva para a trave da sua baliza, no último lance de perigo antes do apito final.

No final do encontro os técnicos foram entrevistados por Helder Ferreira, repórter da AVfm no Estádio da Barrinha.

Narciso Ratinho – Treinador do SC Esmoriz

Artur Marques – Treinador da AD Ovarense

 

Os “guerreiros da barrinha” conquistaram assim a segunda vitória no Campeonato Safina, ascendendo ao sétimo lugar, a 3 pontos do líder, enquanto que a AD Ovarense saiu derrotada pela quarta vez consecutiva e ainda sem qualquer ponto conquistado.

O SC Esmoriz acabou por ser premiado pela maior iniciativa durante os 90 minutos. Mas, ainda assim, fica uma palavra de apreço aos jogadores vareiros, que foram combativos e não deixaram de dignificar a camisola que envergam mesmo no meio de toda a adversidade que as últimas semanas significaram para as suas cores.

Por último, destaque ainda para a entrada de Filipe Leite para o lugar de Júlio Coronel, que trouxe dinamismo ao meio-campo dos esmorizenses e, do outro lado, para as entradas de Filipe Lírio, Renato e Zé Pedro para os vareiros, todas na segunda parte.

No próximo fim-de-semana, quinta jornada do campeonato, o Esmoriz recebe em casa o Avanca, moralizado com a conquista dos 3 pontos. Já a Ovarense irá receber o Beira-Mar, outro dos grandes candidatos à subida, necessitando, cada vez mais, de pontuar pela primeira vez na liga.

Este texto não foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

 


Foto: Helder Ferreira
Texto: Helder Ferreira


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST