CCR Válega vence dérbi contra AD Ovarense B

Por em 07/11/2017

Dérbi vareiro entre a equipa da AD Ovarense B e a equipa do CCR Válega, duas equipas que procuravam a primeira vitória no campeonato da 2.ª divisão distrital de Aveiro. A equipa de Válega venceu por 2-1 os jovens da Ovarense B e conquistaram a primeira vitória no campeonato. Em contrapartida os vareiros continuam sem vencer.  As duas equipas ocupavam lugares muito semelhantes na tabela classificativa: a equipa da Ovarense B era penúltima no campeonato enquanto a equipa de Válega estava um lugar à frente na classificação.

A Ovarense B vinha de uma derrota por 4-1 no reduto do Pinheirense enquanto a equipa do CCR Válega tinha empatado em casa a uma bola com o Macinhatense.

António Tavares, treinador da equipa da AD Ovarense B apostou na baliza em Daniel Silva; um quarteto defensivo composto por Igor Pinho, Bruno Cardoso, Carlos e Sérgio Coelho; o miolo foi entregue a Rafael Oliveira, Miguel Ribeiro  e Luís Santos; no ataque depositou  confiança em Pacheco, Tiago Fula e João Campino.

Em relação ao CCR Válega, Paulo Gomes teve de realizar algumas alterações devido a lesões e castigos. Na baliza confiou em Couteiro; uma defesa constituída por Nuno, Galogas, João Pereira e Brandão; meio campo ocupado por o capitão Carlos Alberto, Garranas e Miguel; no ataque as opções foram Pedro Simeão, Danin e Sérgio Rato.

Nos primeiros 45 minutos o jogo foi equilibrado apesar da equipa do CCR Válega querer assumir as despesas do jogo. Aos 19’ Carlos Alberto não gostou de uma falta de Miguel Ribeiro, pediu explicações ao vareiro mas foi o árbitro que lhe respondeu com o primeiro cartão amarelo na partida. A equipa da Ovarense B aproveitava todos os livres para colocar a bola na àrea de forma a explorar a inexperiência do jovem guardião valeguense. A verdade é que Couteiro esteve muito seguro ao longo de toda a partida numa casa que não lhe é estranha já que foi um jogador que passou pela formação vareira.

Aos 28’ Bruno Cardoso teve de agarrar Sérgio Rato que já ia disparado que nem uma seta para a baliza vareira, o àrbitro mostrou o cartão amarelo ao defesa.

A primeira oportunidade no encontro apenas apareceu ao minuto 39, Miguel passou por Sérgio Coelho efetuou um passe magistral para Sérgio Rato, este chutou de primeira e a bola só foi parada pelo poste da baliza de Daniel Silva, a bola ainda sobrou para Garranas, o jovem decidiu rematar mas a bola saiu muito enrolada e longe da baliza.

Paulo Gomes queria mais deste encontro e decidiu realizar a primeira substituição ao intervalo. Pedro Simeão ficou no balneário e entrou Pedro Azevedo. Sérgio Rato que estava a jogar no centro do ataque caiu para uma linha e Pedro Azevedo tomou conta do lugar central no ataque. Os primeiros minutos da segunda parte voltaram a ser repartidos, com muitas disputas de bola a meio campo e muitas faltas.

Aos 57’ aconteceu o momento mais caricato da partida, Nuno passou por Sérgio Coelho realizou um passe para Pedro Azevedo, este foi até à linha final aproveitou a saída do guardião vareiro devolveu a bola a Nuno que estava com a baliza completamente aberta, o defesa valeguense só tinha de encostar mas inesperadamente calcou o esférico e a bola ficou parada na lama na linha de golo. Era o desespero para a equipa do CCR Válega, uma oportunidade destas não se falha…
António Tavares, técnico dos aurinegros, teve de realizar uma substituição forçada,  o guardião Daniel Silva não conseguiu continuar na partida e teve de dar o lugar a Nuno Gomes.

Aos 60’ Paulo Gomes decidiu retirar Carlos Alberto do campo e colocou Bruninho. Uma substituição inclinada para o ataque que teve efeitos práticos rápidos.  Aos 70’ Sérgio Rato disparou ainda antes da grande área vareira, o esférico sobrevoou o guardião recém entrado e acabou no fundo das redes. Estava feito o primeiro para a turma orientada por Paulo Gomes. De realçar as substituições do técnico valeguense Paulo Gomes que mexeram e de que maneira com a partida.

António Tavares colocou em campo o avançado Edi em detrimento do defesa amarelado Bruno Cardoso. Era o tudo por tudo da equipa B da Ovarense, estes passaram a jogar com uma defesa a 3 e um ataque muito preenchido. Os aurinegros continuavam a apostar muito no jogo bombeado mas sem efeitos práticos.

Aos 85’ Bruninho bateu o livre de forma exímia para a cabeça de Pedro Azevedo, este penteou e a bola bateu no poste da baliza vareira.
Mas como diz o ditado “Água mole de pedra dura tanto bate até que fura”, Garranas saiu rápido em contra-ataque e jogou em Miguel, este jogou de primeira em Pedro Azevedo que na cara de Bruno Gomes atirou contra o jovem guardião vareiro mas na sobra não perdoou e fez o segundo aos 90’para a equipa do CCR Válega.

A equipa B do Ovarense não desistiu e no primeiro minuto de compensação, Miguel Ribeiro efetuou um remate colocado que foi parado pelo guardião Couteiro. No canto João Campino fez o golo de honra para os vareiros. Era tarde demais a reação dos alvinegros… O CCR Válega alcançou a primeira vitória no campeonato e subiu ao 9.º lugar. A equipa B da Ovarense continua no penúltimo lugar.

Joel Magina foi o repórter da AVfm no local. Ouça as declarações:

António Tavares – Treinador da AD Ovarense B

Paulo Gomes – Treinador do CCR Válega

 

Para a semana, na 6.ª jornada a AD Ovarense B vai ao reduto do Beira Vouga enquanto a equipa do CCR Válega recebe o Santiais, atual líder.

Veja a fotogaleria:

 


Foto: António Silva
Texto: Joel Magina

Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST