Seniores Femininas: AD Ovarense vence Viseu 2001 e continua invicta

Por em 12/11/2017

A AD Ovarense recebeu e venceu a equipa do Viseu 2001 por 3-2 e mantém-se invicta no campeonato da 2.ª divisão nacional. As vareiras tinham jogado a meio da semana a 1,ª eliminatória da Taça de Portugal onde ultrapassaram a equipa da Fundação Laura Santos. Já a equipa do Viseu 2001 tinha-se deslocado até à Murtosa onde venceu por 4-1 carimbando a passagem à 2.ª eliminatória.

Paulo Campino, treinador das alvinegras, realizou apenas duas alterações em relação ao jogo da Taça de Portugal. Betinha lesionada e Mariana Almeida por opção técnica deram o lugar a Sara Lopes e Joana Gomes. Na baliza confiou em Lara Sousa; um quarteto defensivo composto por Ninja, Adriana, Joana Pinho e Mariana Campino; o miolo foi entregue a Diana Gonçalves, Sara Lopes e Joana Gomes e no ataque a aposta recaíu sobre Rute Silva, Jordão e Soares.
João Duarte, técnico das beirãs, apostou em Beatriz Gonçalo, Alice Gomes, Debora Esteves, Andressa Patricia, Leila Tomaz, Mariana Simões, Ines Roque, Laura Rochinha, Marta Alves, Francisca Ferreira e Debora Duarte.

Esperava-se um duelo muito equilibrado, uma vez que são duas equipas que possuem ambições na promoção à 1.ª divisão nacional. A equipa do Viseu 2001 desceu na época passada á 2.ª divisão nacional e possui o sonho de voltar ao palco principal do futebol feminino.
A equipa vareira voltou a entrar muito forte como no jogo da Taça de Portugal e Rute Silva aos 4 minutos fez o primeiro para as alvinegras. Na cara da guardiã viseense Beatriz Gonçalo, a vareira nao perdoou e colocou a bola no fundo das redes. As ovarenses continuavam a sufocar a equipa do Viseu 2001 e Mariana Campino ampliou a vantagem para 2-0 num canto direto. Cobrança exímia da vareira, que com a ajuda do forte vento que se fazia sentir tornou tudo muito mais fácil.
Aos 21’ Beatriz Gonçalo ofereceu um golo a Rute Silva mas esta não contava e desperdiçou o 3-0 para a sua equipa. Rute Silva foi advertida com o cartão amarelo aos 33 devido a uma entrada muito ríspida sobre Francisca Ferreira.
A jogadora estava endiabrada e aos 41’ disparou já na grande àrea viseense… a bola saiu muito perto do poste da baliza do Viseu 2001!
A Ovarense foi para o intervalo a vencer por 2-0 e esta primeira parte teve um domínio absoluto da equipa de Ovar. A equipa do Viseu 2001 não conseguia sair da sua linha defensiva e foram muito escassos os movimentos atacantes.

No início da 2.ª parte as vareiras voltaram a entrar muito fortes e ainda mal se tinha ouvido o apito de início da 2.ª parte, Soares roubou a bola à linha defensiva viseense e fez o terceiro para a equipa da casa. Tudo parecia estar controlado para a equipa arrancar a terceira vitória no campeonato, em três jogos realizados.
A turma orientada por João Duarte entrou com outra vontade e aventurava-se mais no ataque.
Aos 51’ Paulo Campino decidiu retirar do campo Rute Silva que já tinha um amarelo e fez entrar em campo Ritinha, uma menina de 15 anos.
Aos 67’ houve o primeiro lance de perigo das viseenses, num remate de Debora Esteves que foi parado seguramente por Lara Sousa.
Aos 71’ Soares cruzou e Ritinha na cara de Beatriz Gonçalo atirou para uma defesa apertada da guardiã viseense. Como diz o ditado quem não marca sofre e a equipa visitante reduziu ao minuto 75’ Debora Esteves cruzou do lado direito e Francisca Ferreira encostou com mestria e reduziu a vantagem para a equipa do Viseu 2001.

Paulo Campino não estava a gostar da forma muito apática como as suas jogadoras estavam a encarar esta segunda parte e aos 80’ Jordão disparou de longe, com a bola a sair a centímetros do poste da equipa viseense. A equipa do Viseu 2001 respondeu da melhor maneira e aos 87’ a àrbitra Catarina Eusébio assinalou penalti a seu favor, após Adriana ter jogado a bola com a mão. Uma decisão que foi muio contestada nas bancadas, assim como no banco vareiro. Leila Tomaz assumiu as responsabilidades e fez o segundo para as pupilas orientadas por João Duarte.

As alvinegras jogaram o resto do tempo regulamentar muito nervosas e, já nas compensações, Francisca Ferreira disparou um remate… a bola rolou, rolou, rolou e saiu ao lado da baliza de Lara Sousa, numa ocasião perdida de empate…
A verdade é que já não havia tempo para mais. A AD Ovarense venceu sofridamente a equipa do Viseu 2001, devido a uma segunda parte muito apática das vareiras. As alvinegras podiam ter resolvido este encontro mais cedo e sair do Marques da Silva com um resultado mais desnivelado.

Joel Magina foi o repórter da AVfm no local. Ouça as entrevistas aos técnicos:

Paulo Campino – Treinador da AD Ovarense

 

João Duarte – Treinador do Viseu 2001

 

A Ovarense comanda juntamente com o Cesarense a série C da 2.ª divisão nacional. Em contrapartida, a equipa do Viseu 2001 desceu da 4.ª para a 5.ª posição.

Para a semana a equipa da AD Ovarense recebe a equipa do Cesarense, um jogo que se prevê escaldante uma vez que é o regresso de Cândido Costa e de algumas ex-atletas do clube, que trocaram de cores na presente época. Também é uma partida que coloca frente a frente os dois líderes do campeonato.
A equipa do Viseu 2001 recebe o Fiães SC.

Veja a fotogaleria:

 


Fotos: António Silva
Texto: Joel Magina

Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST