Dragão Inkomodo

Experimental

Jovem produtor lisboeta revela um corpo de trabalho que urge ser ouvido e experienciado.

Com uma apetência rara para a criação, apetece dizer que no seu universo, muito rico e peculiar (onde o nonsense e o experimentalismo de Zappa parecem ter sempre uma palavra a dizer), cabe tudo quanto a imaginação permitir.

Big beat, techno lo-fi, pop vaporizada… Todos estes géneros convivem pacífica e logicamente nas colagens vívidas que Nuno Vicente tem vindo a imaginar e que, a pouco e pouco, começam a surgir em palco com a mesma vitalidade e liberdade que lhe conhecemos em disco.

Alinhamento