Gobi Bear

Folk

Nascido há 25 anos em Guimarães como Diogo Pinto, Gobi Bear é um alter-ego, mais do que uma banda de um homem só.

Os acordes soltam-se por caminhos simples ou volteando por labirintos de distorções e, a guiá-los, segue uma voz meiga…

Já estava no fim da adolescência quando, sozinho, Diogo Pinto começou a dominar a guitarra. Pouco tempo depois, com um punhado de músicas na mão, estava debaixo de todos os radares de quem se interessa pela nova música portuguesa.

Entre 2011 e 2014 lançou seis discos e deu mais de 200 concertos – várias voltas ao país e uma primeira tour internacional. No final de 2016 regressou com um EP homónimo a que se seguirá, durante este ano, o segundo LP.

À semelhança do que acontecera nos discos anteriores, o «urso» continua a explorar um universo muito singular, onde quebra as barreiras entre o live-looping e o indie folk, qual cantautor de guitarra em punho. Gobi Bear deixa as cordas soar como querem e faz canções. Ao vivo, camufla-se no ambiente ou provoca-o com barulho. Sozinho, desliga-se do mundo para o recriar.

Alinhamento

  • 22:30 Casa do Povo | Largo dos Bombeiros Voluntários de Ovar 87, 3880-133 Ovar, Portugal