Faixa Atual

Título

Artista

Atual

AV Despertar

06:00 08:00

Atual

AV Despertar

06:00 08:00


Campeonato SABSEG: Ovarense resolveu o dérbi concelhio com 3 golos sem resposta

Escrito por em 08/10/2023

Duas equipas ainda invictas no Campeonato SABSEG e o primeiro dérbi concelhio da época 2023/24. Esmoriz e Ovarense encontraram-se no Estádio da Barrinha e proporcionaram um bom jogo de futebol aos muitos adeptos vareiros na assistência. A Ovarense acabaria por confirmar o favoritismo, vencendo por inapeláveis 0-3.

Nakedi Chipu foi o elemento chave dos alvinegros na conquista dos 3 pontos. O sul africano substituiu Everton (que foi para o banco de suplentes em gestão física) no ataque da Ovarense e entrou na partida com um golaço, num grande remate à entrada da área logo aos 2 minutos de jogo.

Na sua segunda titularidade ao serviço da Ovarense, Nakedi ainda seria destaque na segunda parte. Mas, antes disso, ainda na etapa inicial, viu-se a melhor versão do SC Esmoriz, que podia ter chegado ao intervalo com o empate no marcador.

Em dia de dérbi e pela primeira vez em frente aos seus adeptos esta temporada, os esmorizenses fizeram uma primeira parte agradável e mostraram as credenciais de competitividade que têm apresentado no arranque de Campeonato SABSEG.

Com domínio de posse de bola e mais aproximações à área da Ovarense, ficou a faltar à turma às ordens de Pedro Alves uma melhor definição no último terço para chegar ao golo do empate.

Tudo cairia por terra, no entanto, no arranque da segunda parte. O intervalo fez muito bem à Ovarense, que regressou personalizada e dissipou qualquer dúvida quanto à sua vantagem com mais 2 golos nos primeiros 10 minutos de segundo tempo.

Gonçalo Semedo fez o 0-2 encostando à boca da baliza depois de uma boa jogada de combinação na esquerda entre Nuno Martelo – que assistiu para o golo – e Nakedi Chipu. O mesmo Nakedi Chipu que ainda iria a tempo de fazer o 0-3 pouco depois, aproveitando uma rutura na defesa esmorizense para aparecer no cara-a-cara com Paulinho para não perdoar e chegar ao seu bis.

Ao longo da segunda parte, a Ovarense poderia ainda ter ampliado a vantagem. Nakedi dispôs de algumas chances clamorosas e podia perfeitamente ter-se juntado ao “clube do hat-trick”, repetindo a façanha de Gonçalo Semedo, Alexandre Sala e Everton Silva (este até fez póquer na 3.ª jornada).

Do lado contrário da barricada, o Esmoriz até acabou o encontro com alguns lances e remates onde Renato Lopes foi obrigado a mostrar todas as suas qualidades entre os postes da Ovarense.

SC Esmoriz – Pedro Alves
AD Ovarense – Cajó

No fecho de partida, fica a sensação de uma vitória justa da Ovarense, mas provavelmente com um desfecho demasiado penalizador para o Esmoriz – que podia ter saído do dérbi com um golo para colorir o que foi, a espaços, uma boa exibição.

A Ovarense, mesmo que condicionada e sem o contributos de jogadores influentes como Isaac, Boateng, Marmelo ou Everton, voltou a mostrar dotes de candidato ao título e subida de divisão. O Esmoriz, embora tenha perdido o estatuto de invicto no SABSEG, deixou também sinais de que tem futebol e qualidade para fazer uma época tranquila.

Na próxima jornada, a Ovarense recebe o SC Alba no sábado, em S. Vicente Pereira – casa emprestada para a última partida caseira fora do Marques da Silva. Por seu turno, o Esmoriz visita o Estádio do Mergulhão para defrontar o Cesarense, no próximo domingo.

[give_form id=”81006″]


Imagem: Direitos Reservados
Texto: Pedro Silva


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *