“Não há uma sem duas”: S. Vicente Pereira volta a perder, agora para o Sabseg

Por em 25/11/2019

Pelo caminho estava a sétima classificada, a AA Avanca, equipa jovem que vinha num momento positivo, e já se sabia que não seria um encontro fácil. Mas uma tarde pouco inspirada no Dr. Oliveira Santos, levou à produção de poucas oportunidades de golo e as decisões a caírem para bolas paradas. Costuma-se dizer que não há duas sem três, mas neste caso, não houve uma sem duas. Se os vicentinos falharam o primeiro penálti, os avacanenses já não falharam a segunda penalidade da partida. O S. Vicente soma assim a sua segunda derrota consecutiva…

Os primeiros minutos no Dr. Oliveira Santos prometiam um jogo bem mais interessante do que se veio a verificar. Logo nos primeiros instantes, os vincentinos andavam a rondar a área adversária com cruzamentos, mas sem grande consequência no capítulo da finalização.

Na resposta, o Avanca à entrada da área tem um remate perigoso por intermédio de Serginho que obrigou Paulinho a esticar-se para desviar, com uma palmada, por cima da trave.

A partir desse momento, a monotonia tomou conta da primeira parte do encontro e foram duas formações que batalharam muito na zona do meio campo, mas tiveram pouca objectividade.

Após o intervalo, os ânimos voltariam a elevar-se, quando logo no primeiro minuto o árbitro principal apontou para a grande marca, após o braço de Guga dentro da área.

Zé Bastos partiu concentrado para bater o penálti, mas atirou ao lado ao tentar colocar a bola na “gaveta”. Perdiam os corvos a melhor oportunidade que tiveram para abrir o marcador.

Como se costuma dizer, quem não marca, arrisca-se a perder…

E foi precisamente isso que aconteceu. Passados 8 minutos, numa jogada de ataque pela esquerda, Caprica, após o remate, seria calcado por aquele que foi o melhor elemento em campo do S. Vicente, Magolo.

Da grande marca, Cláudio não hesitou e bateu confiante para o fundo da baliza, apesar de Paulinho ter adivinhado o lado para onde o esférico iria cair.

A partir desse momento, o professor Adriano Machado fez de tudo para alterar o rumo dos acontecimento. Lançou primeiro Mendes, depois Óscar para formar uma dupla de avançados, e por fim Fred, um médio mais ofensivo. Mas de nada resultou.

O Avanca limitou-se, com a vantagem, a gerir o domínio territorial, e controlou bem as incursões dos vicentinos, que nos derradeiros momentos ainda recorreram à tradicional táctica do “chuveirinho”, no entanto com muita pouca eficácia.

Não era deveras o jogo mais inspirado do S. Vicente Pereira, que voltava a sofrer um desaire para o Sabseg (no seu terreno pela primeira vez), frente a uma formação jovem, mas organizada da AA Avanca.

No final da partida, os técnicos eram consonantes quanto à pouca criatividade que ambas as formações exibiram ao longo do jogo, apesar de Carlos Jorge estar satisfeito com a competitividade e organização que o Avanca demonstrou em campo. Com a vitória, continuam na luta pelo top 5 da liga, enquanto que o S. Vicente poderá cair alguns lugares e atrasa uma jornada, os seus objectivos.

Helder Ferreira foi o repórter que acompanhou a 11.ª jornada em São Vicente Pereira e recolheu estas declarações dos técnicos no final do jogo:

Declarações ARC São Vicente Pereira| Adriano Machado
Declarações AA Avanca| Carlos Jorge

Na próxima jornada os vicentinos regressam às deslocações fora, para defrontar o GD Gafanha, que procura também o seu espaço depois da despromoção do CNES. Boa oportunidade para os comandados de Adriano Machado voltarem a conquistar importantes pontos para a sua manutenção.

Ficha de Jogo – Campeonato Sabseg – 11.ª Jornada

ARC São Vicente Pereira: Paulinho, Rúben Gomes, Manu (c), Magolo, Vitinha, Dayo Femi, Luís Vaz, Gonçalo Muge, Fredinho, Tiago Charneca e Zé Bastos.
Suplentes utilizados: Miguel Mendes, Óscar e Fred.
Suplentes não utilizados: José Marrero, Pikas e Pacheco.
Treinador: Adriano Machado

AA Avanca: Bruno Costa, Márcio (c), Rui Pedro, Gustavo, Guga, André Silva, Gil, Serginho, Semedo, Caprica e Mika.
Suplentes utilizados: Carlos Ruela, Bernardo e João Alves.
Suplentes não utilizados: Puzin, Luís Miguel, Tarola e Dinis.
Treinador: Carlos Jorge

Resultado ao intervalo: 0-0
Resultado final: 0-1

Marcador: Mika (G.P. 55′)
MVP Rádio AVFM: Serginho (AA Avanca)


Fotos: Helder Ferreira
Texto: Helder Ferreira
Áudio: Jaime Valente


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST