The Walks

Depois de um EP e o longa duração de estreia “Fool’s Gold” (2015), listado  pela Antena 3 como um dos 30 melhores álbuns nacionais do ano, os The Walks regressam, em 2018, com “Opacity”, gravado nos Black Sheep Studios e com edição da Lux Records.

A banda, sediada em Coimbra e composta por Gonçalo Carvalheiro, John Silva, Miguel Martins, Nelson Matias e Tiago Vaz, revela neste disco uma nova identidade sonora. Ritmos ondulantes e dançáveis com uma forte presença de elementos de percussão, guitarras coloridas e uma voz hipnótica servem de pano de fundo a uma mensagem irónica, entre a utopia individual e a realidade.

IMPRENSA:

“Mais luz, mais ar para respirar, ritmos ainda mais dançáveis, onde antes se abanava freneticamente, agora ondula-se de forma quase hipnótica, de olhos fechados até a uma espécie de descontrolo madchester, mas em modo ressaca pós-1992, quando descer à terra se tornou essencial para se poder olhar em frente.” – Sérgio Felizardo, VICE

“Liderados por uma inegável musculatura das guitarras, os temas são conduzidos pela densidade cativante do baixo, que se contorce sensualmente nos meandros da bateria, ao passo que a voz continua a afirmar-se como uma das marcas mais vincadas na personalidade dos Walks.” – ANTENA 3

“The Walks, banda que nos apresenta um rock, a roçar o garage, interessante e motivante, fiel ao género onde está inserido e fazendo juz à sua cidade berço, Coimbra. Começa-se a pensar que não existe nada que saia de Coimbra que não seja minimamente bom.” – Diogo Alexandre, WAV MAGAZINE

Alinhamento