Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Gira Discos

22:00 24:00

Atual

Gira Discos

22:00 24:00


Alunos da ES Júlio Dinis vão “Doar o que não usamos, o que não precisamos” para combater a Pobreza

Escrito por em 01/11/2022

A Escola Secundária Júlio Dinis, que integra o Agrupamento de Escolas Ovar Sul (AEOS), voltou a evocar o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, através do seu programa Eco-Escolas. A efeméride, celebrada a 17 de outubro, foi assinalada com uma ação de sensibilização para o problema da pobreza que afeta tantas pessoas no mundo e também em Portugal.

Esta escola de Ovar foi umas das 57 instituições escolares portuguesas que respondeu ao desafio da Oikos, uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) que atua especialmente na luta contra a pobreza. A nível nacional, a iniciativa envolveu cerca de 5.000 alunos.

A erradicação da pobreza é o primeiro de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, estabelecidos numa cimeira da Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015, onde os líderes mundiais se comprometeram a adotar uma agenda ambiciosa com vista ao desenvolvimento económico, social e ambiental à escala global até 2030.

Esta atividade, desenvolvida na Escola Secundária Júlio Dinis, envolveu os delegados e subdelegados das turmas do Ensino Básico, Secundário e Profissional, representando assim toda a comunidade de estudantes.

A ação de sensibilização foi marcada por uma apresentação sobre a importância da data comemorativa e os dados relativos à pobreza a nível mundial. Estima-se que cerca de 11% da população vive em situação de pobreza extrema, e que, em Portugal, cerca de 22,4% vive em risco de pobreza ou de exclusão social.

Foram também dados a conhecer números relativos ao desperdício alimentar, após a colheita (13,3%) e por cada consumidor (17%), sensibilizando os alunos para a necessidade de redução da exploração e consumo dos recursos naturais, promovendo hábitos sustentáveis de utilização e consumo desses bens, apelando para uma necessária diminuição individual do desperdício alimentar.

Após a partilha de informação, foi lido o “Manifesto contra a Pobreza” por 6 alunos, que começaram por afirmar que se reuniam “para mostrar o nosso compromisso em solidariedade com todos aqueles que, como nós, acreditam num mundo em que a pobreza e a fome podem e devem acabar”.

O lema definido pelas Nações Unidas para o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza é “Dignidade para todos na prática“, e pretende impulsionar uma ação global urgente para travar a pobreza. Nesse seguimento, a comunidade escolar da Escola Secundária Júlio Dinis assumiu o compromisso de “Doar o que não usamos, o que não precisamos”, realizando uma campanha de doação de bens alimentares, produtos de higiene, brinquedos, vestuário, calçado e material escolar, como uma forma simples de ajudar quem mais precisa, através da entrega dos bens recolhidos a uma instituição de solidariedade social local.

No final da ação de sensibilização, ficou a esperança de que a mensagem enaltecida se traduza, no futuro, em ações que conduzam a um mundo melhor, mais justo, inclusivo e sustentável.

[give_form id=”81006″]


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *