Current track

Title

Artist

Current show

AV Despertar

06:00 08:00

Current show

AV Despertar

06:00 08:00


Campeonato SABSEG: Ovarense e S. Vicente Pereira são os únicos vencedores da jornada

Written by on 16/05/2022

Ainda na intensa luta pela manutenção, Ovarense e S. Vicente Pereira foram os únicos a somar vitórias na jornada 11 da 2ª fase do Campeonato SABSEG. Embora suados, os triunfos da Ovarense sobre o Cucujães (3-1) e do S. Vicente Pereira sobre o Esmoriz (3-2) dão fôlego aos dois conjuntos vareiros e deixam-nos em posições de permanência direta via Zona Norte.

Por seu turno, nenhum dos restantes 3 conjuntos de Ovar foi capaz de vencer nos seus compromissos. Melhor só mesmo a Florgrade, no Apuramento de Campeão, que voltou a empatar, desta feita perante o Cesarense (1-1). O Esmoriz perdeu no já referido dérbi do concelho diante dos vicentinos; e o Válega foi mesmo goleado no reencontro com o Pampilhosa (6-1).

OVARENSE E S. VICENTE PEREIRA SEGUEM À TONA

Foi preciso dar o litro, mas tanto Ovarense como S. Vicente Pereira venceram perante formações já despromovidas e seguem em posição favorável para garantirem a manutenção nas 3 jornadas finais.

Os alvinegros receberam o Cucujães no Estádio Marques da Silva e venceram por 3-1. Golos, esses, só na segunda parte: Tigas abriu o ativo, Magolo e Arence completaram o ramalhete; pelo meio, Vítor Hugo ainda deixou as contas incertas, na altura fazendo o 2-1 aos 79′.

Numa exibição maioritariamente positiva, a Ovarense voltou a mostrar a boa forma que tem exibido nas últimas semanas. No entanto, e contra todas as expetativas – até porque jogou esse período com menos um jogador -, o Cucujães ainda ameaçou a conquista de pontos. A reta final de encontro foi vivida com nervos por parte dos vareiros e, com o golo de Vítor Hugo, a Ovarense teve de sofrer com o relógio antes de confirmar a vitória (justa) com o tento do 3-1 apontado por Mateus Arence.

AD Ovarense – Bock
AC Cucujães – José Carlos

Porém, se a Ovarense teve de sofrer para vencer os cucujanenses, o que dizer do triunfo arrancado a ferros por parte do S. Vicente Pereira? Sim, porque os Corvos orientados por Mário Marques estiveram mesmo a perder por 0-2, em sua casa, perante um surpreendente SC Esmoriz. Valeram os 15 minutos finais, onde o S. Vicente virou o jogo a seu favor com uma remontada épica.

André Pinhal e Tiago Florim deixaram o Esmoriz confortável na saída para o intervalo. Desprovida de qualquer responsabilidade, a formação da Barrinha apresentou-se solta no Estádio Dr. Oliveira Santos e foi mesmo preciso apelar ao melhor S. Vicente Pereira para que, na etapa complementar, o jogo mudasse de figura.

A verdade é que os segundos 45 minutos foram praticamente de sentido único. O S. Vicente Pereira até chegou a desperdiçar uma grande penalidade, com Manu Alves na cobrança. O ponta-de-lança e melhor marcador vicentino viria a redimir-se, no entanto, apontando dois preciosos golos que empatavam a contenda, aos 72′ e 81′. Para completar a reviravolta estrondosa, na cobrança de mais um castigo máximo, Rui Seminha fez o que Manu não conseguiu e não perdoou, aos 90’+2.

Destaque para a entrada do nigeriano Aki, que catapultou o jogo do S. Vicente Pereira para uma rotação mais elevada na segunda parte. E ainda para a capacidade de superação da formação vicentina, que continua a dar provas de uma resiliência nos momentos difíceis que é quase impossível de igualar neste Campeonato SABSEG.

ARC S. Vicente Pereira – Mário Marques
SC Esmoriz – Gonçalo Dias

Ovarense e S. Vicente Pereira seguem, respetivamente, no 2º e 3º lugares da Zona Norte de Manutenção. Apesar de estarem em posições seguras, as contas e dificuldades nas próximas jornadas poderão continuar a ser uma constante. Isto porque o equilíbrio entre os 5 primeiros lugares desta fase, ocupados por Canedo, Ovarense, S. Vicente, Paços de Brandão e Fiães tem sido notório e, relembre-se, o 5º lugar desta série dará descida à 1ª Divisão Distrital.

VÁLEGA GOLEADO, FLORGRADE SEGUE EMPATANDO

Não houve espaço a mais vitórias de emblemas do concelho de Ovar nesta 11ª jornada de 2ª Fase.

Na Zona Sul de manutenção, o Válega ainda busca o primeiro triunfo da época a contar para o campeonato. Em visita à casa do Pampilhosa, e vendo-se a contas com a ausência forçada de muitos dos seus jogadores, o conjunto do Sargaçal não teve forças para contrariar o poderio do seu adversário, perdendo de forma contundente por 6-1.

Thiago Silva apontou o único golo do Válega nos primeiros minutos da segunda parte, já os valeguenses perdiam por 3-0.

Por seu turno, no Apuramento de Campeão, a Florgrade também está em seca de vitórias, mas permanece a somar de empate em empate. Os corticeiros são mesmo os reis da divisão de pontos desta segunda fase e acumulam já 6 empates em 11 jogos, 5 deles de forma consecutiva.

No Buçaquinho, Perante o Cesarense, o 1-1 final teve golos de André para os visitantes e de Ben Koneh, já no segundo tempo, a favor da Florgrade. Resultado final que permite à Florgrade manter o 4º posto do Campeonato, com o Águeda (que também empatou) a uma distância de 1 ponto – 35 e 34 pontos, respetivamente.


Imagem: Pedro Silva
Texto: Pedro Silva


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *