Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Sábado de Manhã

09:00 12:00

Atual

Sábado de Manhã

09:00 12:00


CD Furadouro até desperdiçou «golos cantados» no triunfo contra o U. Lamas B

Escrito por em 23/01/2018

O CD Furadouro recebeu e venceu confortavelmente a equipa B do União de Lamas, por 3-1. Os pupilos de Miguel Sousa apenas tiveram 5 minutos de distração mas reajustaram-se e (con)venceram descontraidamente. O desperdício voltou a ser uma constante e, apesar de não ter tido influência no resultado final, começa a ser um assunto para os adeptos vareiros.

À partida para esta jornada, apenas 3 pontos separavam as duas formações: o Furadouro era 4º classificado com 22 pontos; a turma de Santa Maria da Feira era 7ª com 19 pontos. Esperava-se um jogo equilibrado mas, na verdade, por diversas vezes o jogo foi de sentido único . O CDF queria manter a onda vitoriosa depois de vencer a equipa B do Fiães nos instantes finais. O Lamas vinha de um desaire, no seu reduto, contra o líder da Serie A, o Argoncilhe.

Miguel Sousa, timoneiro do Furadouro, apenas fez uma alteração em relação à ultima jornada: Vaz entrou para o lugar de Ruizinho. Paulinho continuou na baliza; na defesa atuaram Manu, Kikas, Teixeira e Dário; o meio campo foi entregue a Camião, o capitão Maganinho e Rolas; no ataque, Vaz e Ratinho assumiram as alas e Tiago Marques foi o dono da zona central.

O treinador brasileiro da equipa do União de Lamas B, delineou o seguinte onze: Vasco, Filipe, Ricardo, Sandro, Mauro, André Mota, Carlos Mota, Francisco Monteiro, Francisco Cruz, Pedro Ramalho e Cristiano Barbosa.


É caso para dizer que foi uma entrada a «matar» do Furadouro. Aos 2’, Ratinho bateu um canto na esquerda e foi Rolas que, de cabeça, fez o primeiro golo. Apesar de não ser a sua especialidade, Rolas desfez o nulo no Parque Desportivo.

A equipa continuava a carregar e, aos 6’, Tiago Marques assistiu Ratinho de forma brilhante. Isolado, este picou a bola e ela saiu por cima do travessão da baliza defendida por Vasco. O «bonito» correu mal.

Já o Lamas, na primeira vez que chegou à baliza de Paulinho, respondeu da melhor forma. Pedro Ramalho ficou frente a frente com o guarda-redes da equipa da casa e foi o guardião a levar a melhor… só que a bola sobrou para o central Teixeira (que parecia ter o lance controlado) que, de uma forma displicente, cometeu grande penalidade sobre o atacante.

A confusão instalou-se. O técnico Miguel Sousa protestou a decisão mas foi Danny que foi expulso do banco de suplentes. No entanto, apesar das críticas, Teixeira desconcentrou-se e parece ter tocado no adversário. Na cobrança,

Carlos Mota assumiu as responsabilidades e respondeu de forma exímia: penálti muito bem cobrado, apesar de Paulinho ainda ter acertado no lado.

O Furadouro foi rápido a reorganizar-se e, aos 27’, Tiago Marques ganhou no duelo físico com a defesa e efetuou um cruzamento. Vez correspondeu e chutou de primeira para a defesa de Vasco. A bola ainda sobrou para Marques, que estava numa excelente posição para fuzilar, mas que rematou uma «rosca» do pé direito (que não é o melhor do atacante). Mais uma perdida e caso para dizer que o Furadouro era perdulária em demasia.

A equipa da praia continuava a encostar o Lamas lá atrás e o golo surgiu. Kikas saiu com a bola controlada para o ataque, deixou em Rolas e este fez um passe para a ala onde estava Ratinho. O extremo efetuou um cruzamento divinal que foi parar à cabeça de Kikas, homem que não perdoou e fez o golo da vantagem. O central voltou a marcar, tal como na jornada passada.


Antes do final do primeiro tempo, ainda houve espaço para mais desperdício. Vaz não conseguiu, nem à primeira nem à segunda, bater Vasco. O guardião opôs-se muito bem ao atacante.

Na segunda parte, aos 56’, Vaz cruzou na direita e Ratinho podia ter feito bem melhor no remate. Mas o golo do descanso apareceu pouco depois, aos 60’, com Vaz a cruzar a bola com «olhinhos» para a cabeça de Tiago Marques que marcou e «picou o ponto» no encontro.


Apesar das mexidas do técnico Gaúcho (entradas de Tiago Mano, Rui Costa e Pedro Oliveira) e da velocidade imprimida no jogo, continuava a faltar algo à formação do União Lamas B. Um plantel muito jovem e que troca bem a bola mas que, no entanto, neste encontro criou pouquíssimas oportunidades de golo.

Nos últimos 25 minutos, o Furadouro controlou a partida e arrecadou uma vitória justa com 3 golos de cabeça. Por outro lado, o treinador Gaúcho revelou que «a experiência foi vital» neste encontro.

Joel Magina foi o repórter da Rádio AVfm no local:

  • Declarações CD Furadouro | Miguel Sousa:

 

  • Declarações CF União Lamas B | Gaúcho:

 

O Furadouro segurou a 4.ª posição e ganhou pontos ao São Roque, turma que escorregou em Nogueira da Regedoura. A equipa B do Lamas manteve a 7.ª posição.

Para a semana, a equipa vareira recebe o CCR São Martinho, último classificado, e é obrigatório vencer para lutar pela liguilha. Os lamacences recebem a equipa B do Fiães.

Veja a fotogaleria do encontro:

 


Fotos: Carlos Rogério
Texto: Joel Magina
Áudio: Jaime Valente


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *