Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Agenda Cultural

21:00 22:00

Atual

Agenda Cultural

21:00 22:00


Melhores do samba nacional premiados em noite de “Globos” do Samba Com Vida

Escrito por em 15/05/2024

De 9 a 12 de maio, o Parque do Antuã, no concelho vizinho de Estarreja, recebeu mais uma edição do Samba Com Vida (SCV), organizado pelo Grupo Recreativo Escola de Samba (GRES) Trepa Coqueiro de Estarreja. O evento dedica-se inteiramente à cultura do Samba, do Pagode e da Música Popular Brasileira, disponibilizando oportunidades de formação e partilha, envolvidas num clima de alegria, festa e convívio.

Na sexta-feira, 10 de maio, foi dia dos Globos do Samba, gala que reconhece o trabalho realizado no ano anterior, distinguindo e premiando os melhores protagonistas do panorama do Samba a nível nacional.

Os Globos estiveram divididos em Prémios Coletivos, Prémios Individuais e Prémios Carreira.
As Categorias Coletivas permearam Bateria, Grupo/Ala de Passistas, Comissão de Frente, Escola em Palco, Escola de Samba, Harmonia, Samba-Enredo, Enredo e Redes Sociais.
Já nas categorias individuais apurou-se os melhores Madrinha de Bateria, Mestre-Sala, Porta-Bandeira, Passista Masculino e Carnavalesco/Comissão de Carnaval.
Os vencedores dos Prémios Mérito e Individualidade, da categoria Carreira, foram selecionados em exclusivo pela organização do evento.

Para cada prémio, das categorias coletivas e individuais, foram nomeados cinco concorrentes.

Embora não tenha havido vencedores de Ovar na 6ª. edição do Samba Com Vida, houve Escolas de Samba do Carnaval de Ovar e profissionais do nosso concelho a serem nomeadas, sendo esse já um reconhecimento do trabalho desenvolvido por terras vareiras.
A ES Costa de Prata esteve nomeada para Melhor Escola de Samba, Melhor Bateria e Melhor Porta-Bandeira, através da nomeação de Lia Rocha. O GRES Charanguinha viu Patrícia Conde ser nomeada para Melhor Madrinha da Bateria e o GRES Juventude Vareira viu Hugo Neves ser nomeado para Melhor Passista Masculino.
O Prémio Mérito, da categoria carreira, também homenageou o trabalho de fotógrafos e videógrafos do concelho.

A Rádio AVfm assistiu à cerimónia e falou com os vencedores dos Prémios Coletivos e Individuais. Confira os resultados e as declarações da noite dos Globos dos Samba:

  • Escola em Palco

Melhor Escola em Palco | Amigos da Tijuca

Esta categoria visa premiar o desempenho da escola, em atuações de palco, bem como todas as
expressões artísticas inerentes. Júri e público elegeram o GRES Amigos da Tijuca, da Mealhada, como a melhor em palco.
Para este prémio também estavam nomeados GRES Bota (Sesimbra), ES Sócios da Mangueira (Mealhada), ACRES Vai Quem Quer (Estarreja), e GRES Trepa de Estarreja (Estarreja).

  • Harmonia

Melhor Harmonia | Trepa de Estarreja

A Harmonia em Desfile está diretamente relacionada com a sonoridade da Escola de Samba, avaliando o desempenho, quer em desfile quer em placo, de todos os músicos envolvidos: desde o intérprete principal e cantores aos instrumentistas. O GRES Trepa de Estarreja foi a Escola de Samba vencedora desta categoria.
Também estiveram nomeadas as escolas ACRES Vai Quem Quer (Estarreja), GRES Novo Império (Figueira da Foz), ES Sócios da Mangueira (Mealhada) e GRES Bota (Sesimbra).

  • Redes Sociais

Melhor Redes Sociais | Batuque

Este prémio, novo nesta edição, premeia as escolas que se destacam na sua comunicação e divulgação nas redes sociais. A vencedora foi o GRES Batuque, da Mealhada.
Também estiveram nomeadas ACRES Vai Quem Quer (Estarreja), GRES Trepa no Coqueiro (Sesimbra), GRES Amigos da Tijuca (Mealhada) e GRES Trepa de Estarreja (Estarreja).

  • Mestre-Sala

Melhor Mestre-Sala | Rui Baltazar – Trepa de Estarreja

O melhor bailarino dos casais de dançarinos que exercem a função de conduzir e apresentar a bandeira das escolas de samba durante o seu desfile, foi Rui Baltazar, ao serviço do GRES Trepa de Estarreja.
Também estiveram nomeados Renato Sabão, da ES Sócios da Mangueira (Mealhada), Cristian Neves, da ARCGS Os Morenos (Estarreja), Alcides Ferreira, do GRES Batuque (Mealhada) e Tiago Pontes, do GRES Amigos da Tijuca (Mealhada).

  • Porta-Bandeira

Melhor Porta-Bandeira | Catarina Rodrigues – Trepa de Estarreja

Já a melhor porta-bandeira, o elemento feminino da dupla de dançarinos referida anteriormente, foi Catarina Rodrigues, do GRES Trepa de Estarreja.
Nomeada para esta categoria, esteve também a porta-bandeira vareira Lia Rocha, da ES Costa de Prata (Ovar), a par de Gisela Palma, do GRES Bota (Sesimbra), Daniela Dinis, do GRES Amigos da Tijuca (Mealhada) e Marisa Morais, da ACRES Vai Quem Quer (Estarreja).

  • Enredo

Melhor Enredo | Trepa de Estarreja

Esta categoria visa premiar a criatividade e associação do tema com o desfile. O vencedor foi o GRES Trepa de Estarreja.
Também estavam nomeados GRES Batuque (Mealhada), ACRES Vai Quem Quer (Estarreja), GRES A Rainha (Figueira da Foz) e o GRES Amigos da Tijuca (Mealhada).

  • Carnavalesco / Comissão de Carnaval

Melhor Carnavalesco / Comissão de Carnaval | Amigos da Tijuca

Este prémio avalia a imagem que a Escola de Samba apresenta na avenida, nomeadamente a forma como o enredo ganhou vida e foi explorado, sendo tidos em conta a diversidade dos materiais, a estilização das formas e a criatividade. O vencedor foi o GRES Amigos da Tijuca, da Mealhada.
Para este prémio também estiveram nomeados GRES Trepa de Estarreja (Estarreja), GRES Batuque (Mealhada), ACRES Vai Quem Quer (Estarreja) e GRES Bota (Sesimbra).

  • Prémio Mérito

Prémio Mérito | Bruno Oliveira, David Caretas, Jorge Santos e Bruno Oliveira

Este prémio, da Categoria Carreira, foi atribuído pela organização e distinguiu os fotógrafos e videógrafos Bruno Oliveira, David Caretas, Jorge Santos (Playtek TV) e Bruno Oliveira (Samba PT).

  • Passista Masculino

Melhor Passista Masculino | Xavier Guerreiro – Bota

O globo que distingue a figura masculina que melhor dança o samba foi entregue a Xavier Guerreiro, do GRES Bota, de Sesimbra.
Para esta categoria, também estava nomeado o vareiro Hugo Neves, do GRES Juventude Vareira (Ovar), Nelson Pinho, do ACRGS Os Morenos (Estarreja), Márcio Pinho da ACRES Unidos da Vila Régia (Albergaria-a-Velha) e Jorge Pires, do GRES Batuque (Mealhada).

  • Comissão de Frente

Melhor Comissão de Frente | Amigos da Tijuca

A Escola premiada por apresentar a melhor comissão de frente, cujos elementos dão as boas-vindas ao público e jurados, enquanto apresentam o tema, foi o GRES Amigos da Tijuca, da Mealhada.
Para este prémio também estiveram nomeadas as comissões de frente do GRES Bota (Sesimbra), GRES Trepa de Estarreja (Estarreja), ACRES Vai Quem Quer (Estarreja) e GRES Batuque (Mealhada).

  • Escola de Samba

Melhor Escola de Samba | Amigos da Tijuca

Este globo premeia a Escola de Samba enquanto uma associação e seu envolvimento com a sociedade e a região. O GRES Amigos da Tijuca, da Mealhada, foi o grupo vencedor desta categoria.
Também estiveram nomeadas GRES Bota (Sesimbra), ES Costa de Prata (Ovar), GRES Trepa de Estarreja (Estarreja) e ACRES Vai Quem Quer (Estarreja).

  • Samba-Enredo

Melhor Samba-Enredo | Bota

Um dos fatores que mais cativa o público durante o desfile é a forma como a Escola conta a história ou o tema apresentado pela comissão de frente, assim como a escolha da letra e da melodia. Para este globo, o nomeado mais votado foi o GRES Bota, de Sesimbra.
Também estiveram nomeados os sambas-enredo da ACRES Vai Quem Quer (Estarreja), Trepa de Estarreja (Estarreja), GRES Amigos da Tijuca (Mealhada) e ES Sócios da Mangueira (Mealhada).

  • Bateria

Melhor Bateria | Sócios da Mangueira

Também designada como o “coração da escola de samba”, a bateria é a responsável por marcar o ritmo da apresentação e contagiar todos os presentes com a sua energia. Durante o desfile, esta deve manter-se afinada e enérgica, fazendo com que o coletivo apresente boa evolução, seguindo o seu ritmo, que deve ser intenso. A ES Sócios da Mangueira, da Mealhada foi a escola vencedora deste globo.
Para esta categoria, também estavam nomeadas as baterias da ES Costa de Prata (Ovar), do ACRES Vai Quem Quer (Estarreja), do GRES Trepa de Estarreja (Estarreja) e do GRES Bota (Sesimbra).

  • Rainha da Bateria

Melhor Rainha da Bateria | Liliana PastorVai Quem Quer

A Madrinha ou Rainha da Bateria cumpre a função de auxiliar o mestre da bateria no comando da ala de percussão, animando os instrumentistas, ajudando a manter o ritmo vibrante e embelezando o fecho do desfile da escola. Liliana Pastor, do ACRES Vai Quem Quer (Estarreja), foi a vencedora deste globo.
Também estiveram nomeadas Patrícia Conde, do GRES Charanguinha (Ovar), Inês Miranda, do GRES Amigos da Tijuca (Mealhada), Virgínia Rodrigues da ES Sócios da Mangueira (Mealhada) e Madalena Azevedo do GRES Novo Império (Figueira da Foz).

  • Grupo / Ala de Passistas

Melhor Grupo / Ala de Passistas | Vai Quem Quer

A ala de passistas é a secção onde os seus elementos exibem a arte de sambar. A Escola premiada por apresentar melhor esta ala foi a ACRES Vai Quem Quer, de Estarreja.
Também estiveram nomeados o GRES A Rainha (Figueira da Foz), o GRES Trepa de Estarreja (Estarreja), GRES Amigos da Tijuca (Mealhada) e o GRES Bota (Sesimbra).

  • Prémio Individualidade

Prémio Individualidade | Nuno Bastos

Este prémio, da Categoria Carreira, foi atribuído pela organização e homenageou o músico Nuno Bastos.

Confira alguns instantâneos da gala Globos do Samba 2024, pela lente de António Dias:

« de 279 »

[give_form id=”81006″]


Fotos: António Dias
Áudios: Jaime Valente
Texto: Irina Silva

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *