Ovar vai estar “À Pesca do Plástico” no nosso mar

Por em 26/06/2020

A Câmara Municipal de Ovar, em parceria com a Associação “Business as Nature”, criou o projeto “Fishing the Plastic – (H)À Pesca (N)Do Plástico”. Esta foi uma das seis propostas vencedoras do concurso “Small Grants Scheme” do programa europeu EEA Grants Ambiente.

Salvador Malheiro, Presidente da Câmara Municipal de Ovar, marcou presença na cerimónia que decorreu no terminal de cruzeiros do Porto de Leixões, onde recebeu a distinção do projeto que concorreu na categoria “Prevenção e sensibilização para a redução do lixo marinho”. O evento foi presidido pelo Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes.

Discurso de Salvador Malheiro – Presidente da Câmara Municipal de Ovar

João Pedro Matos Fernandes teve um discurso crítico sobre o estado em que se encontra o meio ambiente. O uso excessivo de bens descartáveis, o consumismo e a necessidade de colocar uma “bolsinha de plástico para deitar fora” em muitos produtos foram alvo de crítica e reflexão. Para combater todos os tipos de poluição, João Pedro Matos Fernandes confessa que Portugal tem um longo caminho pela frente e que as autarquias têm uma grande influência positiva na sociedade.

O programa europeu irá canalizar um milhão de euros para o concurso, sendo certo que o sexto lugar receberá até 160 mil euros. O vareiro “(H)À Pesca (N)Do Plástico” será executado ao longo de 18 meses e poderá beneficiar de um verba até 200 mil euros. Os projetos são dinamizados por municípios, organizações não governamentais e entidades intermunicipais gestoras de resíduos em consórcios com universidades, fundações e associações setoriais.

Cartaz do Projeto (H)À Pesca (N)Do Plástico

O foco principal do projeto vareiro serão as ações de sensibilização para a redução do lixo marinho, sobretudo resíduos de plástico de utilização única.

As ações de sensibilização, que prometem ser inovadoras, serão dirigidas a públicos que tenham relação direta com o mar, como restaurantes e bares, comunidades piscatórias, crianças e jovens em idade escolar e associações ligadas à pesca e ao mar. A comunidade piscatória será envolvida nas ações de recolha dos resíduos e seleção para “upcycling” (técnica criativa de reutilização de materiais).

Sobre a eficácia do projeto, Salvador Malheiro sublinhou que estas questões “se tratam de problemas globais, mas que só poderão ser resolvidos a partir da ação local. E nós queremos dar o exemplo, trabalhando no terreno (…)”, afirmando ainda que “o projeto ‘(H)À Pesca (N)Do Plástico’ se trata uma iniciativa louvável“.

No âmbito do EEA Grants Ambiente 2014-2021, a Secretaria Geral do Ambiente e Ação Climática gere o “Programa Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono”, que disponibiliza aproximadamente 28 milhões de euros. Este fundo é aplicado em áreas programáticas de ambiente e ecossistemas, mitigação e adaptação às alterações climáticas.

Conheça os outros 5 projetos vencedores:

Projeto "Refill_H2O"
O projeto “Refill_H2O” visa substituir as matérias-primas primárias por secundárias ao reutilizar garrafas de plástico, com uma ferramenta de desinfestação e reenchimento das garrafas. Este processo será implementado nas seis escolas do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, onde 66 mil garrafas de água são utilizadas anualmente, o que equivale a 1 215kg de resíduos.
« 1 de 5 »


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST