Atropelou mortalmente e fugiu. A GNR apanhou-o!

Por em 23/09/2020

A Guarda Nacional Republicana (GNR) de Aveiro, através do Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV), constituiu arguido, a 14 de setembro, um homem de 50 anos, pelos crimes de omissão de auxílio/homicídio por negligência, praticados no concelho aveirense.

No dia 28 de Agosto, na A1 (autoestrada que liga Lisboa ao Porto), na zona de Oliveira do Bairro, o arguido terá atropelado um indivíduo, Vítor Portela de 32 anos, quando se encontrava a rebocar uma viatura avariada para o seu pronto-socorro.

Na sequência do sinistro, o condutor ter-se-á colocado em fuga, não prestando qualquer tipo de auxílio à vítima, que viria a falecer no local.

Depois de várias diligências policiais no âmbito da investigação realizada pelos militares da GNR, foi possível identificar o veículo envolvido no atropelamento e o condutor que se terá evadido do local.

Os fatos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Oliveira do Bairro.


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST