Mutação do Coronavírus em Ovar é única

Por em 24/06/2020

Ovar registou, até à data, 730 casos de infeção por Coronavírus desde o início da pandemia. Na maior parte das amostras cedidas por infetados, foi identificada uma mutação genética do vírus que não se regista em mais nenhuma localidade portuguesa.  

João Paulo Gomes, responsável do Núcleo de Bioinformática do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) afirmou, ao jornal Público, que ainda não há explicações científicas para este fenómeno e que não acredita haver razões para alarmismos, visto que a mutação identificada em Ovar não influenciará a gravidade da doença ou a probabilidade de contágio.

O investigador explicou que os genomas do vírus analisados em Ovar tinham a mutação D614G, presente nos vírus encontrados na Europa e nos EUA. O que distingue as amostras de Ovar é a presença de outra mutação, a D839Y, que não se encontra em outras localidades, sendo recorrente no concelho vareiro.

O bioinformático acrescentou ainda que esta mutação é “marcadora”, no sentido em que identifica um determinado braço filogenético do vírus e todos os genomas desse braço partilham características.

Mostrando-se intrigado, João Gomes sublinhou que “não deixa de ser curioso que a esmagadora maioria desses genomas tenha essa mutação, o que faz supor que a entrada da infeção em Ovar tenha sido feita numa única entrada”.

Ainda sem grandes respostas científicas, o investigador questiona se em Ovar houve pessoas que foram um grande foco de infeção e originaram grandes correntes de transmissão, sendo esse o motivo desta mutação ser dominante na região.

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge continua a pesquisar sobre a doença Covid-19 e a colaborar com outras entidades no intuito de analisar dados epidemiológicos e genómicos, estudando os possíveis pontos de entrada e analisando as cadeias de transmissão. Um exemplo de colaboração, são as equipas de Saúde Pública da região de Ovar, cujos dados partilhados se têm revelado bastante úteis.


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST