Current track

Title

Artist

Current show

Subúrbio

22:00 24:00

Current show

Subúrbio

22:00 24:00


Novo mamógrafo do Hospital S. Sebastião permite melhorar rastreios, diagnósticos e intervenções

Written by on 11/05/2022

O Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV), com sede no Hospital S. Sebastião, em Santa Maria da Feira, adquiriu um novo mamógrafo.

O moderno equipamento, além de uma resolução espacial superior, torna possível a realização de várias técnicas relevantes no rastreio, diagnóstico e intervenção mamária.

Tecnologicamente mais evoluído, o mamógrafo possibilita a realização de tomossíntese, uma técnica em que é efetuado um estudo tridimensional (3D) da mama, ultrapassando algumas limitações da mamografia convencional, sem implicar o aumento da radiação comparativamente com esse método.
Mais completo, o equipamento apresenta mais e melhores resultados, evitando a realização de exames de vigilância, caracterização por outras técnicas e mesmo biópsias desnecessárias, melhorando a precisão dos diagnósticos e detetando lesões suspeitas mais precocemente.

Garante o acesso à técnica de mamografia com contraste, semelhante à convencional, porém realizada após administração de contraste iodado endovenoso. Tem como princípio a neovascularização que ocorre em lesões malignas, sendo comparável em termos de sensibilidade e especificidade à Ressonância Magnética mamária, com vantagens na rapidez, conforto de realização, acessibilidade e custo.

O grupo hospitalar público avançou que, num futuro próximo, será possível realizar biópsias mamárias assistidas por vácuo, uma técnica que permite a obtenção de fragmentos de maiores dimensões, aumentando a confiança no diagnóstico histológico por maior representação das lesões, evitando repetição de biópsias e, em alguns casos, biópsias excisionais cirúrgicas (retirar o tumor por completo). Esse será um procedimento rápido, bem tolerado e minimamente invasivo, com menores custos face a uma intervenção cirúrgica. Atualmente tem também um papel terapêutico, permitindo a excisão de lesões benignas de pequenas dimensões.


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva

Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *