Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Alma Lusitana

13:05 14:00

Atual

Alma Lusitana

13:05 14:00


Antigo palacete do Hospital de S. João da Madeira vira escola de formação em saúde do CHEDV

Escrito por em 26/11/2022

O Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV), com sede no Hospital São Sebastião, em Santa Maria da Feira, e que integra ainda os Hospitais de Oliveira de Azeméis e de São João da Madeira, inaugurou, no passado dia 16 de novembro, a “Escola Luís Vega – formação em saúde”.

A escola está sedeada no antigo palacete do Hospital de São João da Madeira e a inauguração oficial do espaço contou com a presença do Ministro da Saúde, Manuel Pizarro.

O novo projeto pretende otimizar e ampliar a formação em emergência médica para todos, contribuindo para a literacia em saúde da comunidade, bem como dotar os profissionais de saúde com mais competências no tratamento do doente crítico.

O nome da escola é uma homenagem a Luís Vega, médico que prestou 20 anos de serviço no CHEDV e que foi vítima mortal no trágico acidente aéreo com o helicóptero do INEM em 2018, numa missão de salvamento em contexto de emergência.

O novo espaço de formação procurou descentralizar os serviços e valorizar espaços físicos do conjunto hospitalar, ocupando assim o antigo palacete localizado no hospital sanjoanense. O edifício centenário já tinha recebido obras de requalificação, num investimento superior a 140.000 €uros, com fundos próprios do CHEDV, capacitando assim o espaço de forma inovadora e ao alcance de todos, sem perder a identidade original secular de servir a comunidade. 

Acreditado como entidade formadora pelo INEM desde 2021, o CHEDV está capacitado em várias valências formativas com certificação, como Suporte Avançado de Vida (SAV); Suporte Básico de Vida e Desfibrilhação Automática Externa (SBV/DAE); Suporte Básico de Vida Adulto (SBV A) e Suporte Básico de Vida Pediátrico (SBV P).

A “Escola Luís Vega – formação em saúde” é também uma forma do CHEDV se aproximar da comunidade, uma vez que irá maximizar a literacia em saúde de todos os cidadãos. A nível externo, serão realizadas formações para instituições e/ou particulares, ações de sensibilização de cariz social e ainda a realização de “mass training” a entidades que contribuem de forma decisiva para o reforço da cadeia de sobrevivência como, por exemplo, a operacionais das Forças de Segurança.

Já a nível interno, a “Escola Luís Vega” irá proporcionar um espaço para que os próprios colaboradores do grupo hospitalar e outros profissionais de saúde possam adquirir competências em emergência médica, ampliando assim a capacidade de resposta na prestação de primeiros socorros e de socorro diferenciado célere e atualizado.

O CHEDV dispõe de uma equipa de formadores certificados pelo INEM em várias valências pedagógicas. Os formadores da nova escola são todos peritos na área da emergência médica com vasta experiência no cuidado ao doente crítico.
A equipa é composta por Médicos e Enfermeiros, profissionais do grupo hospitalar oriundos de vários serviços, que diariamente lidam com situações de paragem cardiorrespiratória e/ou peri-paragem cardiorrespiratória.

[give_form id=”81006″]


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *