Ovarense cai pela margem mínima no regresso da Liga BPI

Por em 17/04/2019

A equipa feminina da AD Ovarense continua na luta pela manutenção na Liga BPI. No entanto, após uma paragem longo no campeonato, a equipa vareira não soube regressar com o pé direito à prova. Na receção ao CA Ouriense a contar para a 19ª jornada, a Ovarense foi derrotada por 1-0 e pode ficar a queixar-se… da sua falta de eficácia.

Até ao minuto 76′, aquando do golo vitorioso de Flávia Fartaria, a Ovarense era a equipa mais perigosa junto das balizas. Para além da guardiã do Ouriense, Petra Reis, ter sido obrigada a fazer algumas paradas de dificuldade elevada, o despedício alvinegro também se verificou. Que o diga Rute Silva, que claudicou na melhor ocasião alvinegra em todo o encontro quando, no primeiro tempo, não acertou no alvo em cima da pequena área após uma assistência primorosa de Betinha.

De facto, a velha máxima do futebol que diz que «quem não marca arrisca-se a sofrer» aplicou-se no Marques da Silva. A Ovarense ficou sem capacidade de reação à desvantagem e, nos últimos 15 minutos de jogo, embora tenha revelado coração, baqueou na organização para furar o último reduto das visitantes.

Na reação à derrota, o técnico vareiro, Sérgio Barreto, mostrou-se infeliz pela falta de soluções ofensivas que tem a seu dispor. A Ovarense abordou a partida com um trio de atacantes móvel, mas com Patrícia Cavadas, atleta de habitualmente pisa o miolo, a jogar ao centro. Mesmo após a entrada de Catarina Soares, regressada de lesão, a equipa continou orfã da frieza de uma finalizadora nata na área e isso ficou por demais evidente quando o Ouriense recuou as suas linhas.

Ouça os técnicos intervenientes da partida em entrevista ao repórter da Rádio AVfm, Pedro Silva:

  • Declarações AD Ovarense | Sérgio Barreto:
  • Declarações CA Ouriense | Carlos Silva:

A 3 jornadas do fim da Liga BPI, a Ovarense continua em posição de manutenção, mas ainda não pode respirar fundo de alívio. A próxima jornada será absolutamente decisiva porque as vareiras deslocam-se ao terreno de um rival direto, o Boavista FC.

As axadrezadas são as lanterna vermelha da Liga e procuram rebater os 6 pontos que têm de desvantagem em relação à Ovarense. O encontro entre as duas formações está agendado para o próximo domingo a partir das 16h00 e, em caso de vitória, a Ovarense poderá começar a encomendar as faixas da permanência no principal escalão português.


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Pedro Silva
Áudio: Jaime Valente


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST