Perigo de Incêndios Rurais

Por em 11/07/2020

Fazendo já parte do período crítico, que se estende até ao final de setembro, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera alerta que os próximos dias serão propícios a fogos florestais, devido ao tempo quente e seco, especialmente no dia 12 de Julho.

Considerando a instabilidade metereológica em todo o país e a forte possibilidade da ocorrência de trovoada seca, espera-se um aumento das condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais, em especial nas regiões do Sul e do interior centro e norte.

As autoridades competentes alertam para a proibição de atividades e utilização de objetos que possam iniciar qualquer tipo de fogo:

  • PROIBIDO fazer queimadas extensivas SEM AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua Câmara Municipal ou pelo 808 200 520,
  • PROIBIDO fazer queima de amontoados SEM AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua Câmara Municipal ou pelo 808 200 520,
  • PROIBIDO utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural, salvo se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito,
  • PROIBIDO fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais,
  • PROIBIDO lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da Câmara Municipal,
  • PROIBIDO fumigar ou desinfestar apiários, exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas,
  • PROIBIDO usar motorroçadoras (exceto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadores nos dias de RISCO MÁXIMO. Evite o uso de grades de discos.

Devem ainda ser observados os seguintes cuidados:

  • OBRIGATÓRIO usar dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa nos veículos de transporte pesados e 1 ou 2 extintores de 6 Kg, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas.

Os fogos florestais são uma praga que, ano após ano, prejudica a economia do nosso País. Lamentavelmente, algumas vezes, os prejuízos não se limitam a ser materiais; levando à perda de vidas humanas. Apesar da prontidão de vários meios e do sempre incansável trabalho dos nossos Bombeiros, será sempre melhor evitar que as ignições possam acontecer por falta de cuidado. Assim, cada um de nós deverá ser um agente da Proteção Civil, cumprindo as instruções emitidas pelas Autoridades!


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST