São Vicente “assustou” o líder do Sabseg mas a reviravolta foi selada com muita qualidade

Por em 04/03/2020

Os vicentinos perderam frente ao São João de Ver por 3-1 no Estádio Dr. Oliveira Santos. Charneca adiantou os da casa mas a reação foi estonteante: a reviravolta foi feita e os 3 pontos viajaram até São João de Ver.

Na 22.ª jornada, os vicentinos receberam o líder São João de Ver e somaram a quarta derrota consecutiva. Apesar do desaire os vicentinos deixaram uma imagem muito positiva com uma excelente organização que deu que fazer à turma orientada por Ricardo Maia.

O São Vicente que possui um registo interessante em casa (somou a terceira derrota em 12 jogos; as outras duas derrotas foram frente ao Avanca e Pampilhosa ambas pela margem mínima (0-1)), procurava bater os malapeiros que apenas possuem uma derrota no campeonato na deslocação ao Estádio do Mergulhão.

Desde o apito inicial o São João de Ver procurou o controlo do jogo contudo apenas teve uma claríssima oportunidade de golo no primeiro tempo com um cabeceamento de Vando ao poste no minuto 40′.

Os vicentinos procuravam as transições rápidas para o ataque sob a condução de Charneca e Fredinho, atletas que compuseram as alas do ataque. Zé Bastos teve uma missão díficil: ajudar o miolo sobretudo para tentar “secar” o construtor Óscar Beirão e na procura de bola/jogo muita atrás do seu raio de acção.

Os corvos entraram fortes nos segundos 45 minutos e foi Charneca a inaugurar o marcador através da conversão de uma grande penalidade para o delírio dos adeptos da casa. Quarta jogo consecutivo do líder a sofrer golos!

A reação foi sensacional: Alex Brandão fez um golaço de livre direto e restabeleceu o empate. 3 minutos depois, Óscar Beirão aproveitou uma bola que sobrou num canto para carimbar a reviravolta.

O São João de Ver desde o seu segundo golo não deixou o São Vicente acreditar e procurava selar a vitória. A turma de Adriano Machado após essa reviravolta foi a baixo fisicamente e psicologicamente: 60 minutos de organização e rigidez defensiva foi destruída em 3 minutos!

Joãozinho apontou o terceiro após uma excelente assistência de Alex.

Os vicentinos ocupam a 9ª posição com 29 pontos, os mesmos que o 10º classificado que é o Canedo e menos um que o 8º que é ocupado pelo vizinho SC Esmoriz. O São João de Ver manteve a distância pontual de 10 pontos para o segundo classificado que é a AD Ovarense.

Um São João de Ver cada vez mais próximo do CNS

A turma orientada por Ricardo Maia que chegou à liderança na 11ª jornada, nunca mais a largou e possui uma vantagem sólida de 10 pontos em relação ao segundo. Efetivamente é a equipa com mais qualidade neste Sabseg! É verdade que ainda faltam 12 partidas nesta prova, 36 pontos em disputa, mas os malapeiros já são dados como os grandes favoritos por a grande maioria para esta subida de divisão.

A saída de Rúben Gomes …

Mesmo a queimar o fecho do mercado Rúben Gomes, atleta de 34 anos que atuava em toda a ala direita, mudou-se para o São João de Ver, equipa que já tinha representado na época passada. Ao serviço dos vicentinos nas 21 partidas realizadas ao longo desta época apontou 1 golo. Face à ausência de Carela e Caio, Ricardo Maia passa a ter um lateral de raiz para o lado direito.

Na próxima jornada a ARC São Vicente Pereira visita o CD Estarreja.

Joel Magina foi o repórter de serviço em São Vicente Pereira. Ouça as declarações dos intervenientes, recolhidas no final do jogo:

Manú| Capitão do São Vicente Pereira
Ricardo Maia| Treinador do São João de Ver

Ficha de Jogo – 22ª Jornada – Campeonato Sabseg

ARC São Vicente Pereira: Paulinho, Diogo Sousa, Manú (c), Dayo Femi, Vítor Hugo, Magolo, Neemias, Luís Vaz, Fredinho, Charneca e Zé Bastos
Suplentes utilizados: Claúdio Resende, Rodolfo e Miguel Mendes
Suplentes não utilizados: José Marrero, Estaca, Fred e Pacheco
Treinador: Adriano Machado

São João de Ver: André Costa, André Aranha, Rui Silva (c), Nuno Martins, Roger, Óscar Beirão, Joãozinho, Edu, Alex Brandão, Alex e Vando
Suplentes utilizados: Chapinha, Zé António e João António
Suplentes não utilizados: Nuno Dias, Jorge Sousa, Martini e Raphael
Treinador: Ricardo Maia

Resultado ao intervalo: 0-0
Resultado final: 1-3

Marcadores: Charneca 47′ g.p, Alex Brandão 60′, Óscar Beirão 63′ e Joãozinho 75′
MVP Rádio AVFM: Alex Brandão (São João de Ver)


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Joel Magina
Áudio: Jaime Valente


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST