Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Alma Lusitana

13:05 14:00

Atual

Alma Lusitana

13:05 14:00


Shortcutz Ovar premiou duplamente “Sofia” em noite de festa da edição 2020

Escrito por em 26/11/2021

Decorreu esta noite, 26 de novembro, na Escola de Artes e Ofícios, a Festa dos Premiados 2020 das peças audiovisuais exibidas ao longo da temporada passada no Shortcutz Ovar, o movimento urbano de curtas-metragens, idealizado pela LABZ – Associação Cultural para a Presença Sustentável das Artes nas Cidades, acolhido pelo serviço de cultura da Câmara Municipal de Ovar e liderado por Tiago Alves.

“Sofia”, de Filipe Ruffato e Gonçalo Viana recebeu o prémio de “Melhor Curta-metragem” da seleção oficial competitiva do Shortcutz Ovar, acumulando a distinção de “Melhor Primeira Obra” atribuída pelo júri, constituído por Margarida Moreira (atriz), Alice Guimarães (realizadora) e Leandro Ribeiro (encenador).

A curta-metragem “Sofia” foi filmada num “único e ousado plano-sequência de dez minutos, que desdobra medos, incompreensões, preconceitos, ânsias e desejos“. Em quatro temporadas de Shortcutz Ovar, esta foi a primeira vez que o prémio principal da competição foi entregue à obra de estreia de um autor.

O prémio especial do júri foi atribuído a “Cenas de uma Vida Amorosa”, de Miguel Afonso, enquanto o prémio de melhor animação distinguiu o filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias”, de Regina Pessoa.

No palmarés do Shortcutz Ovar 2020 surgem três menções honrosas para “Filomena”, de Pedro Cabeleira (competição geral), “Nestor”, de João Gonzalez (animação) e “O Peculiar Crime do Estranho Senhor Jacinto”, de Bruno Caetano (primeira obra).

O prémio do público, atribuído através de votação em sala, foi entregue à curta-metragem “As Extraordinárias Desventuras da Menina de Pedra”, de Gabriel Abrantes.

O evento, relativo ao concurso da 4ª. edição de Shortcutz Ovar foi tristemente adiado para esta data devido às inúmeras condicionantes da pandemia Covid-19. Durante o ano de 2020, foram exibidas, em 9 sessões, as 30 peças audiovisuais que foram propostas a concurso, num exercício de resiliência que levou as projeções a sair da Casa Museu Júlio Dinis para o mais amplo espaço da Escola de Artes e Ofícios.

Por esta altura, o movimento de curtas-metragens já vai numa fase adiantada da sua 5ª. edição, cujas obras exibidas e elegíveis a concurso serão premiadas, salvo constrangimentos, a 11 março de 2022, na respetiva Festa dos Premiados.

Prémios e Distinções da Festa dos Premiados 2020 – Shortcutz Ovar

  • Melhor Curta Metragem
    “Sofia”, de Filipe Ruffato e Gonçalo Viana
  • Melhor Primeira Obra
    “Sofia”, de Filipe Ruffato e Gonçalo Viana

  • Prémio Especial do Júri
    “Cenas de uma Vida Amorosa”, de Miguel Afonso

  • Melhor Animação
    “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias”, de Regina Pessoa

  • Menção Honrosa – Competição geral
    “Filomena”, de Pedro Cabeleira
  • Menção Honrosa – Animação
    “Nestor”, de João Gonzalez

  • Menção Honrosa – Primeira Obra
    “O Peculiar Crime do Estranho Senhor Jacinto, de Bruno Caetano

  • Prémio do Público
    “As Extraordinárias Desventuras da Menina de Pedra”, de Gabriel Abrantes


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *