Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Agenda Cultural

21:00 22:00

Atual

Agenda Cultural

21:00 22:00


1.ª Divisão Distrital: Válega foi do sonho ao pesadelo e tem descida confirmada; S. Vicente vence e mantém pressão no topo

Escrito por em 22/04/2024

A 24.ª e antepenúltima jornada da 1.ª Divisão Distrital, decisiva para as equipas do concelho de Ovar, ficou marcada pelos muitos golos e emoções fortes até ao fim dos encontros. O Válega visitou Vila Nova de Monsarros e lá confirmou a sua descida de divisão com uma derrota contundente (6-3); já o S. Vicente Pereira venceu em Castelo de Paiva (2-3) e continua a pressionar na luta pela subida de divisão.

VÁLEGA TEM DESCIDA CONFIRMADA

Em Vila Nova de Monsarros, o Válega apresentou a sua melhor versão numa primeira parte de sonho. Mas o jogo do tudo ou nada para a formação do Sargaçal acabaria mesmo em pesadelo.

Depois de sair da primeira parte a vencer justamente por 1-3, o Válega não foi capaz de aguentar o ritmo da etapa complementar e a hecatombe trouxe consigo a descida confirmada à 2.ª Divisão Distrital. Um 6-3 para o Vila Nova de Monsarros que contou com 4 golos para os locais desde o minuto 80 de jogo.

Rodrigo Soares (um bis) e Igor Matos ainda deram esperança à equipa orientada por Joca; pelo meio, André Nogueira, numa grande penalidade, ainda fez o único golo do Vila Nova na primeira parte. O Válega fez um dos melhores 45 minutos da sua temporada, mas pagou a fatura no segundo tempo: a equipa quebrou fisicamente e sofreu logo a abrir a etapa complementar, o que galvanizou o seu adversário.

Aos 80, com 2-3 a favor dos valeguenses, percebia-se já a dificuldade da equipa de Ovar para reter fisicamente o ímpeto do Vila Nova e o que se seguiu foi nada menos do que uma enxurrada de golos para os homens de Marco Breda. Aos 80′, 85′, 86′ e 90+7′.

O Válega confirmou a descida de divisão, numa época onde poucos foram os jogos onde se sentiu a força e consistência dos últimos anos. Resta agora cumprir calendário nas próximas duas jornadas e começar, desde já, a preparar o regresso à 2.ª Divisão Distrital.

ADC VN Monsarros – Marco Breda
CCR Válega – Joca

S. VICENTE PASSA NO TESTE EM CASTELO DE PAIVA

Na Zona Norte, o S. Vicente Pereira só pensa em vencer nos jogos que restam para ainda acalentar o objetivo da subida de divisão. E foi precisamente isso que os vicentinos fizeram em Castelo de Paiva, diante do Paivense.

Um 2-3 que até podia ter sido mais esclarecedor para os vicentinos, mas que trouxe o essencial à equipa orientada por David Rocha. Diogo Sá, Zé Gonçalves e Óscar Gomes apontaram os tentos do S. Vicente Pereira, pelo meio o Paivense fez o 1-2 e ainda foi a tempo de fechar as contas com o 2-3.

Uma boa vitória para o S. Vicente Pereira que, ainda assim, só permitiu aos Corvos a subida ao 5.º lugar. Isto porque, excetuando o S. Roque (derrotado na receção ao Cucujães), Relâmpago Nogueirense, Carregosense e Lusitânia de Lourosa B cumpriram e também venceram.

Assim sendo, com apenas 6 pontos por disputar na 1.ª Divisão Distrital, o S. Vicente Pereira é 5.º (43 pontos) e está a dois do Relâmpago Nogueirense (45, 2.º lugar). Tem ainda de ultrapassar, pelo caminho, as formações do Carregosense e do Lourosa B (ambos com 44 pontos).

Na próxima ronda, o S. Vicente Pereira joga em São Roque e, para além da vitória que precisa, espera escorregadelas dos rivais diretos. A ronda contará ainda com um Lusitânia Lourosa B/Macieirense, um Carregosense/Ronda e um Argoncilhe/Relâmpago Nogueirense.

[give_form id=”81006″]


Imagem: Direitos Reservados
Texto: Pedro Silva


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *