Arada AC perde 5-1… mas não, não foram «favas contadas»

Por em 11/11/2019

Não é surpresa que o futsal é uma modalidade imprevisível e que, ao longo de 40 minutos de intensidade, muito pode acontecer quando duas boas equipas medem força na quadra. Foi exatamente isso que aconteceu na sexta-feira passada, em Canelas, em partida a contar para o Campeonato Distrital da II Divisão.

Em visita à casa do Arsenal de Canelas, o Arada AC procurava dar seguimento a um excelente arranque de campeonato que lhe garantia, à partida para a 6ª jornada, o 3º lugar repartido da tabela e 10 pontos na classificação. No entanto, o desafio não correu de feição.

É verdade que a turma orientada por Ricardo Rodrigues encarou o jogo contra um adversário de respeito – o ADAC tinha o mesmos 10 pontos do Arada – com assinalável coragem. Praticou um bom futsal e procurou atacar a vantagem no placard desde o primeiro minuto. Porém, a sorte do encontro sorriu aos anfitriões que, contra a corrente do jogo na primeira parte, inauguraram o marcador e nunca mais arredaram pé da liderança.

Os golos foram-se acumulando ao longo da etapa complementar e, no final das contas, o 5-1 (!) com que o Arsenal de Canelas gritou vitória até parece esclarecedor, mas não espelha o equilíbrio feroz que se viveu nas quatro linhas. Mas vamos por partes.

Se há motivo para regozijo para o lado dos homens de Estarreja, tal deve-se sobretudo a dois jogadores que estiveram em grande destaque: o guardião, Pedro Rodrigues; e ainda Joni Rodriguez, autor de um golo e uma assistência no encontro.

Pedro foi mesmo gigante na baliza. Com uma mão cheia de defesas vistosas (algumas até pouco ortodoxas), o antigo jogador do Valdágua fechou os caminhos do golo e travou o arranque promissor que o Arada efetou nos primeiros 10 minutos de jogo.

Já Joni, que nem começou no 5 inicial do técnico Márcio Mendes, entrou para ser o “abre-latas” do encontro. Contrariando o domínio adversário, o camisola 7 do Arsenal de Canelas encheu-se de fé a 8 minutos do intervalo e marcou um grande golo com um remate descaído sobre a asa esquerda do ataque local, quase sem ângulo.

Como se não bastasse, Joni esteve ainda envolvido no lance do 2-0, tabelando e assistindo para a festa de Bruno Marques. Corria já o minuto 31 do segundo tempo… e novamente numa fase de superioridade dos aradenses.

Depois do 2-0 veio o 3-0 e o Arada estava cada vez mais longe do seu objetivo, A desvantagem era difícil de contrariar em pouco mais de 7 minutos, mas a equipa apostava todas as cartas no ataque com um guarda-redes avançado. Eduardo Pires ajudou no ensaio do 5 para 4, mas este não era mesmo o dia dos atletas de Ovar.

O máximo que o Arada conseguiu fazer foi “picar o ponto” através do suspeito do costume: André Biju. O melhor marcador da equipa no campeonato encostou para o, na altura, 4-1. Mas, com uma baliza deserta, os atletas azuis e brancos só pararam mesmo de ir buscar o esférico às suas redes no derradeiro 5-1.

Apesar do golo de honra do Arada até ter pertencido a André Biju, o mais inconformado em campo foi mesmo Jorge Gomes. O pivô fez uma exibição abnegada, com o recorte da qualidade que lhe é reconhecida, apenas a pecar na finalização. Duas bolas nos ferros e alguns duelos interessantes com Pedro (ganhos pelo guardião) souberam certamente a muito pouco ao camisola 15 dos visitantes.

No rescaldo, à boleia dos microfones da Rádio AVfm, ambos os técnicos trocaram elogios e concordaram que o resultado foi exagerado para o praticado ao longo dos 40 minutos. A qualidade da Liga Census e a capacidade para marcar uma posição nas provas distritais foi também um tema abordado nas entrevistas conduzidas pelo nosso repórter, Pedro Silva. Ouça na integra.

Declarações Arada AC | Ricardo Rodrigues
Declarações AD Arsenal Canelas | Márcio Mendes

FICHA DE JOGO | AD Arsenal de Canelas x Arada AC | CD II Divisão Futsal – 6ª Jornada

AD Arsenal Canelas: Pedro Rodrigues, Bruno Marques, Jorge Pinto (c), Chico Fernandes, António Ruela
Jogaram ainda: Carlos Garrido, Cláudio Chipelo, Jesus Oliveira, Joni Rodriguez, Miguel Ruela, Edu Ferreira
Treinador: Márcio Mendes

Arada AC: Rui Pereira, João Barros, Bruno Magalhães, Jorge Gomes, Ricardo Crasto
Jogaram ainda: Leandro Bernardes, Renato Farraia, André Biju, Amilcar Ferreira, Fábio Andrade (c), João Farinhas, Eduardo Pires
Treinador: Ricardo Rodrigues

Resultado final: 5-1
Resultado ao intervalo: 1-0
Marcadores: Joni Rodriguez (12′), Bruno Marques (31′), António Ruela (32′), Chico Fernandes (35′), André Biju (36′), Jorge Pinto (38′)
MVP Rádio AVfm: Joni Rodriguez (AD Arsenal Canelas)


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Pedro Silva
Áudio: Jaime Valente


Opinião dos leitores
  1. Artur José Lopes Resende da silva   Em   11/11/2019 pelas 13:43

    Boa tarde, Sou dirigente do Arada Atlético Clube e aproveito este espaço, para vos solicitar, que me digam qual o mail que devo utilizar, para vos endereçar o convite, para estarem presente no jantar do 35º do Arada, que se vai realizar dia 07 de dezembro no pavilhão de Arada.

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST