Basquetebol Feminino: Ovarense cresce mas ainda marca passo

Por em 29/10/2019

A equipa feminina da Ovarense Basquetebol continua a marcar passo no arranque da Liga 2019/20. Em fim-de-semana de jornada dupla, as comandadas de Jorge Maia tiveram confrontos contra União Sportiva e CP Natação e, tanto em Ovar como em Ermesinde, averbaram derrotas que as arrastam para a cauda da classificação do campeonato.

No passado sábado, perante parca assistência na Arena de Ovar, a Ovarense até fez uma excelente exibição contra um dos maiores candidatos à conquista da Liga Feminina. Perante a União Sportiva, o resultado de 68-78 a favor das insulares só ficou decidido no quarto e derradeiro período do encontro.

Na verdade, a equipa da Ovarense esteve mesmo na liderança do marcador desde o segundo quarto e conseguiu gerar intranquilidade no estilo de jogo das adversárias. Ana Raimundo (22 pontos, 7 assistências, 3 ressaltos, 1 roubo de bola), Gabriela Raimundo (18 pontos, 2 assistências, 3 ressaltos, 2 roubos de bola) e Tess Bruffey (17 pontos, 14 ressaltos, 2 assistências, 2 roubos de bola) estiveram em grande plano numa Ovarense que revelou estofo para se equiparar à armada de estrangeiras da União Sportiva.

Apesar da luta das tabelas ter tido dois pesos e duas medidas (Tess Bruffey era das únicas capazes de se equiparar à capacidade física das açorianas), a atitude aguerrida e geradora turnovers no oponente garantiu à Ovarense o controlo das operações. A União Sportiva precisou de recorrer a um quarto parcial de muita inspiração na concretização (28 pontos conquistados) para conseguir dar a volta ao texto do placard.

Em conversa com Pedro Silva, repórter da Rádio AVfm, Jorge Maia abordou a derrota com elogios para com a exibição da sua equipa. O técnico da Ovarense não deixou, contudo, de deixar algumas críticas à equipa de arbitragem.

Ouça a reação dos treinadores:

Declarações AD Ovarense | Jorge Maia
Declarações União Sportiva | João Santos

.

CPN também passou com dificuldade no «Teste Ovarense»

Na ressaca da derrota de sábado, e apesar de até ter feito uma grande exibição contra a União Sportiva, a Ovarense não conseguiu subir a parada para vencer o CP Natação, no desafio de ontem. No confronto contra o recém promovido à Liga, a Ovarense começou melhor – fechou o primeiro quarto a vencer por 16-10 – mas voltou a ficar apenas perto do triunfo, caindo com um resultado final de 73-69 a favor das portuenses.

Os destaques vareiros ficaram a cargo (e para variar) das suspeitas do costume: Ana Raimundo (26 pontos, 6 ressaltos, 5 assistências, 5 roubos de bola), Gabriela Raimundo (14 pontos, 6 ressaltos, 4 assistências, 3 roubos de bola) e Tess Bruffey (14 pontos, 5 ressaltos, 1 assistência).

Com 4 derrotas em outros tantos jogos, a Ovarense ocupa neste momento o último lugar da tabela classifica em ex aequo com o CAB Madeira. Com 4 pontos somados, a formação vareira terá uma semana para preparar a receção ao GDESSA Barreiro (domingo, 18h00) e procurar, assim, o primeiro resultado positivo desde a Taça Vítor Hugo.


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Pedro Silva
Áudio: Jaime Valente


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST