Sanitários da Estação de Ovar reabrem anos após o seu encerramento

Por em 13/10/2020

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou que as instalações sanitárias da Estação dos Comboios de Portugal (CP) de Ovar, fechadas há vários anos, voltarão a reabrir.

Segundo a agência Lusa, o funcionamento e a limpeza das casas de banho da estação já estão assegurados por uma entidade contratada, sendo garantindo que as instalações voltarão a estar abertas em regime permanente.

A decisão pode estar relacionada com uma petição assinada por dezenas de cidadãos, sobretudo residentes, empresários, taxistas e clientes da zona envolvente da estação, que acusaram a CP e a IP de “negligência”, ao privar o acesso aos sanitários.

A petição ou o abaixo-assinado, além de ter sido remetido à CP, foi também reencaminhado à Câmara Municipal de Ovar (CMO), à Direção Geral da Saúde (DGS) e à Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC).

Os assinantes manifestaram que o serviço das casas de banho é um direito público, que tem sido assegurado aos utentes da estação de Ovar pelo comércio local. Revelaram também que as instruções do pessoal de serviço eram confusas e mesmo contraditórias, pois o funcionário da CP (na bilheteira) referia que a chave das instalações sanitárias deveria ser solicitada ao chefe da estação (contratado pela IP), quando este remetia essa responsabilidade para a própria IP.

 “Na prática quem está a garantir o serviço são os restaurantes e cafés da zona, que andam a pagar do seu bolso para assegurar à estação as casas de banho limpas que nem a CP nem IP garantem, quando são obrigadas a isso!

referiu Joaquim Coutinho, empresário e promotor do abaixo-assinado


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST