São Vicente Pereira vira o jogo em 20 minutos e regressa ao segundo lugar

Por em 07/03/2018

O São Vicente Pereira está de regresso às vitórias! Depois da derrota surpreendente em Carqueijo, os vicentinos receberam e venceram a turma do Macieirense por 2-1.

Estavam reunidos todos os ingredientes para uma grande partida de futebol: defrontavam-se o 2º e o 3º classificado da 1ª Divisão Distrital. Ambos têm claras aspirações de ascensão ao Campeonato Safina e apenas a chuva dificultou o trabalho de todos os atletas ao longo dos 90 minutos.

O professor Adriano Machado, técnico do SVP, apostou em Resende na baliza; um quarteto defensivo composto por Fábio Costa, Manu, Xavi e Cláudio Resende; no miolo confiou em João Bastos, Litos e Joca; enquanto o trio de ataque foi entregue a Diogo Sousa, Renato e Nelson Amaral.

Borges, timoneiro do Macieirense, confiou a baliza a Cris; na defesa jogaram Rosas, Xavi, Leitinho e Dani; no meio campo atuaram Abel, Huguito e Rúben; na frente jogou o irrequieto Roma, João Luís e Dani Alves.

O início de partida não foi nada fácil para o São Vicente pois parecia que o «fantasma» Carqueijo ainda continuava a assombrar. Aos 10′, o Macieirense adiantou-se no marcador após um canto na esquerda cobrado por João Luís. Rosas subiu ao segundo andar e cabeceou para o primeiro do encontro.


Notava-se muita apreensão de todos os simpatizantes dos vicentinos. Desde muito cedo, o S. Vicente Pereira estava em desvantagem numa partida importantíssima.

Mas o SVP mostrou muita raça e muito crer, algo que permitiu a recuperação e a reviravolta no jogo: aos 16′, Diogo Sousa cruzou na esquerda para Nelson Amaral que penteou para o empate no Campo Dr. Oliveira Santos.

O Macieirense não ficou encolhido e respondeu ao golo sofrido, outra vez de canto. Desta vez foi o atacante, Dani Alves, a cabecear com estrondo ao travessão de Resende.

Aos 36′, Joca fez o tento da remontada. Mais um cruzamento na esquerda, de Cláudio Resende, que sobrevoou toda a àrea e encontrou o médio ex Ovarense. Joca não falhou perante Cris e deu aso à excelente reação do SVP. Os vicentinos nunca baixaram os braços e ainda conseguiram a reviravolta na primeira parte.

No segundo tempo, esperava-se um Macieirense mais atrevido mas, a nível ofensivo, esteve aquém das expectativas. Os vicentinos podiam ter dilatado o marcador, mas a falta de eficácia fez a equipa sofrer até ao fim.

Aos 56′, Nelson Amaral disparou tão colocado que fez o esférico embater no poste e, 4 minutos depois, Diogo Sousa obrigou Cris a uma defesa destemida com os pés.

O SVP tomava as iniciativas de jogo e parecia que, mais cedo ou mais tarde, o terceiro ia aparecer.

Aos 75′, o técnico Adriano Machado foi expulso do banco de suplentes de uma forma estranha e, minutos depois, foi Pacheco (que estava a aquecer) que, de uma forma ainda mais incomum, foi excluído também do encontro.


Com o decorrer dos minutos, parecia haver mais nervosismo dos atletas da casa mas a turma de Macieira de Sarnes pouco assustou.

Aos 90′, Nelson Amaral ganhou em corrida a Beto e voltou a disparar ao poste.

Nos minutos finais, o Macieirense ainda tentou o chuveirinho, mas sem efeitos práticos. A linha defensiva vicentina controlou todas as iniciativas.

Joel Magina foi o repórter da Rádio AVfm no local. Ouça as declarações dos técnicos:

  • Declarações ARC S. Vicente Pereira | Adriano Machado:

 

  • Declarações FC Macieirense | Borges:

 

Destaque individual para Nelson Amaral, jogador que brilhou neste encontro. Ganhou quase todos os duelos à defesa do Macieirense, fez o primeiro golo e mostrou que está a atravessar um dos melhores momentos de forma na sua época.

No Maciereirense, o atacante canhoto, Roma, foi o melhor. Exibiu muita qualidade no primeiro tempo, apesar de ter desaparecido na segunda parte.

O São Vicente Pereira recupera o 2º lugar destronando o Macieirense que desceu para o terceiro posto: os vicentinos somam 42 pontos, mais um que a turma de Oliveira de Azeméis.

O topo da tabela continua muito embrulhado e apenas o líder, Oliveira de Bairro, está à parte. Já possui mais 13 pontos que o segundo, o SVP. Do 2º ao 5º lugar, apenas quatro pontos separam 4 equipas.

Para a semana, o Sâo Vicente desloca-se ao reduto do Milheiroense, um duelo que não se prevê nada fácil. O Macieirense volta a jogar fora, desta feita em Paços de Brandão.

 


Fotos: Joel Magina
Texto: Joel Magina
Áudio: Jaime Valente


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

A sua nova rádio de sempre

A passar agora
TITLE
ARTIST