Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Alma Lusitana

13:05 14:00

Atual

Alma Lusitana

13:05 14:00


Município de Ovar vai ter Recolha Seletiva de Biorresíduos porta-a-porta

Escrito por em 16/09/2021

Na reunião ordinária de 9 de setembro, a Câmara Municipal de Ovar (CMO) aprovou a proposta para iniciar o procedimento de concurso público, relativo à aquisição de Equipamentos de Recolha de Biorresíduos a instalar no Município.

Este avanço é sinónimo de que a autarquia vareira se encontra a preparar o arranque desta recolha seletiva, aproveitando uma medida consignada no Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (PO SEUR). O respetivo anúncio, relativo à aquisição dos contentores, já tem publicação no Jornal Oficial da União Europeia.

Os novos equipamentos serão disponibilizados aos munícipes, para que neles depositem seletivamente os resíduos alimentares produzidos nas suas habitações ou nos setores da restauração e dos serviços. A operação envolve a aquisição de mais de 32.200 contentores de superfície e 30 enterrados.

A recolha será feita porta-a-porta e também na via pública. Os contentores contarão com a tecnologia de controlo de acessos mais avançada do setor, através de fecho eletrónico com abertura por NFC (comunicação por proximidade) e RFID (tecnologia de radiofrequência). Assim, a sua abertura e fecho será feita através de uma aplicação de telemóvel ou de um cartão de utilizador, futuramente disponibilizados aos munícipes. Com o recurso a uma aplicação ou a consulta de um site, os utilizadores poderão consultar todos os seus acessos. Todo o complexo processo de recolha será apoiado por um software de gestão do parque de contentores, que permitirá o reconhecimento de cada utilizador em todos os equipamentos, bem como o cálculo das mais eficazes rotas de recolha a cada momento.

O projeto é um avanço na direção do cumprimento das metas do PERSU 2020, bem como da obrigação da recolha seletiva de biorresíduos, já a partir de 2024, que obriga à transição do atual modelo de tratamento de resíduos orgânicos, atualmente recolhidos em conjunto com os indiferenciados, para um modelo assente na recolha seletiva.

Assinalando a mudança do setor dos resíduos no Município de Ovar, a iniciativa permitirá implementar um modelo de recolha que irá premiar os munícipes que efetuem a separação dos resíduos, beneficiando-os. Serão criadas tarifas mais justas, num compromisso de mudança comportamental para a valorização da Recolha Seletiva de Biorresíduos (RUB).

A implementação do projeto terá a duração de 24 meses. Estima-se que represente um investimento superior a 1.300.000€, dos quais 1.115.000€ (85%) serão cofinanciados através do programa (PO SEUR 2020).


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *