Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Agenda Cultural

21:00 22:00

Atual

Agenda Cultural

21:00 22:00


Campanha #NãoSejasPato alerta consumidores para perigos e erros comuns nas compras online

Escrito por em 21/11/2020

Movimento cívico #NãoSejasPato é liderado pelo Portal da Queixa, em parceria com OLX, MB WAY, Worten, CTT, KuantoKusta e euPago.

O Portal da Queixa é uma plataforma online de comunicação entre consumidores e marcas. Antecipando a nova realidade da “Black Friday”, juntamente com algumas empresas, criou a campanha #NãoSejasPato. A iniciativa pretende sensibilizar e dar ferramentas aos consumidores, para que não sejam cometidos os erros mais comuns, em época de supostos mega descontos.

Devido às restrições impostas no contexto da contenção da pandemia Covid-19, tudo aponta para que as compras online vão dominar esta “Black Friday”. Essa é uma das razões que levou o Portal da Queixa a lançar o movimento, em conjunto com OLX, MB WAY, Worten, CTT, KuantoKusta e euPago.

Aumentar a literacia digital dos consumidores, alertar para os perigos da internet, evitar burlas e esquemas fraudulentos e ajudar a população a fazer compras com maior segurança e confiança, são os principais objetivos da iniciativa que será desenvolvida ao longo de um ano.
Até porque, em 2019, 23% das reclamações relacionadas com a “Black Friday” foram burlas.

Assim, o Portal da Queixa pretende ajudar os consumidores a identificar melhor os perigos existentes, para poderem fazer as suas compras online em maior segurança, sabendo como evitar burlas e esquemas enganosos.

Para tal, foi desenvolvida uma nova plataforma lúdica, da qual faz parte um QUIZ que aborda questões sugeridas pelas marcas aderentes. Dessa forma, os visitantes, de uma forma inclusiva e divertida, terão acesso a um teste de conhecimentos sobre boas práticas de compra através da internet.

 Parceria cívica e social que convida à luta de todos

Para Pedro Lourenço, Diretor Executivo do Portal da Queixa, é urgente uma mudança paradigmática da literacia digital em Portugal.

Enquanto fundador da maior comunidade de consumidores em Portugal, não consigo ficar indiferente aos inúmeros relatos diários que recebemos no Portal da Queixa, relativos às experiências negativas por fraude e burla. Infelizmente, assistimos à total inércia por parte dos organismos do estado, a quem foram atribuídas as funções de promover a política de salvaguarda de direitos dos consumidores…

disse Pedro Lourenço

À falta de programas oficiais que promovam esses conhecimentos, o Portal da Queixa respondeu com a criação deste movimento cívico pela literacia digital dos portugueses em plena crise pandémica, uma vez que, só com a partilha de conhecimento, é possível combater as fraudes e burlas existentes no mundo digital.

Segundo um estudo da Worten, durante a “Black Friday” quase 40% dos portugueses admite comprar exclusivamente online, enquanto 84% dos consumidores alimenta a expectativa de poder aproveitar as campanhas promocionais.

Queixas relativas à “Black Friday” de 2019

De 1 de novembro a 15 de dezembro, foram registadas 274 reclamações no Portal da Queixa, relacionadas com vários setores, como Tecnologia, TV e Eletrodomésticos (45%), Vestuário e Acessórios (15%), Perfumarias (8%), Mobiliário e Decoração (8%), Companhias Aéreas (5%) e Supermercados (4%), entre outros.

As principais razões dessas reclamações foram falha e atraso de entrega (41%), burla (23%), apoio ao cliente (18%), pagamento (11%), devoluções e/ou troca (4%) e envio de produto errado (3%).


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Irina Silva


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *