Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Alegria de Viver

18:00 19:00

Atual

Alegria de Viver

18:00 19:00


Durante a tempestade o S. Vicente Pereira saiu eliminado da Taça Pecol

Escrito por em 13/12/2017

O São Vicente Pereira deslocou-se a Arouca para defrontar a ACRD Mosteirô numa partida referente à 3.ª eliminatória da Taça Pecol. Os vicentinos perderam por 3 x 2 e foram eliminados da Taça de Aveiro. Até este jogo ainda só tinham perdido uma vez e tinha sido mesmo esta turma de Arouca a responsável. O coletivo do Mosteirô começa a ser rotulado como o «patinho feio» para os jovens orientados pelo Professor Adriano Machado.

Ambas as equipas atuam na 1ª divisão e contabilizam os mesmos pontos no campeonato (2.º e 3.º classificados com 24 pontos), com o grande objetivo de chegar ao campeonato Safina.

Na tarde de domingo houve outro fator que condicionou, e de que maneira, esta partida de futebol. A tempestade «Ana» esteve presente durante todo o encontro e dificultou o trabalho de todos os atletas dentro de campo.

O Professor Adriano Machado não pode contar com Renato e Nelson Amaral, dois atletas que fizeram muita falta aos vicentinos. Apostou em Luís Resende na baliza; um quarteto defensivo composto por Fonseca, Manu, Xavi e Bernardo; o miolo foi entregue a Cláudio Resende, Litos e Fábio Costa enquanto o ataque pertenceu a Pacheco, Diogo Sousa e Vasco Godinho.

António Matos, treinador do Mosteirô, apostou em Rafa, Marco, Estaca, Antonio, Vilacova, Dani, Alex, Alcides, Tiago, Guedes e Rui Pinho.

Nao foi fácil para ambas as formações habituarem-se ao estado do terreno. Um relvado encharcado, um vento e chuva fortes que dificultaram muito a tarefa dos atletas. Aos 20’ surgiu o primeiro golo do Mosteirô: Guedes bateu um canto e a bola fez um arco inacreditável, mudando de direção… Resende ainda socou, mas a bola sobrou para Estaca que só teve de empurrar. O guardião vicentino pediu falta, mas o àrbitro não seguiu os seus protestos. De realçar a cobrança do canto de Guedes que, juntamente com o vento complicaram o trabalho da defesa vicentina.

No primeiro remate à baliza surgiu o primeiro golo. O São Vicente demorou a responder e a equipa de Arouca apenas queria controlar esta vantagem. Aos 32’ surgiu o primeiro aviso dos vicentinos, num cruzamento longo de Fábio Costa que encontrou a cabeça de Diogo Sousa… este penteou o esférico, mas a bola saiu ao lado da baliza de Rafa. O Mosteirô ia a vencer nos primeiros 45 minutos para os balneários, numa primeira parte que não teve muitas chances de golo.

Na segunda parte, os homens comandados por Adriano Machado vieram com outra atitude. E logo aos 46’ Pacheco ainda deve estar a pensar como falhou aquela oportunidade soberana. Excelente trabalho de Vasco Godinho, que isolou Pacheco; este na cara de Rafa atirou por cima do travessão. Mas com tanta persistência o golo do empate apareceu! Pacheco efetuou o lançamento longo e, após alguns cortes incompletos da defesa arouquense, a bola sobrou para Diogo Sousa; que disparou e fez o empate para o São Vicente Pereira.

A verdade é que os minutos seguintes foram fulcrais para a vitória do Mosteirô. Uma resposta demolidora dos da casa… Aos 58’, outra vez num canto batido por Guedes, a defesa do São Vicente não conseguiu fazer o corte devido ao estado do terreno… o que é certo é que apareceu de novo Estaca para encostar e fazer o bis na partida. Ainda se comemorava o segundo golo do Mosteirô e apareceu o terceiro! Uma assistência exímia de Alex, que aproveitou o adiantamento no terreno da defesa vicentina, deixando Guedes na cara de Resende, sendo o terceiro para os anfitriões. Um terceiro golo que foi muito festejado por toda a equipa, mas principalmente pelo treinador António Matos que deu um autêntico mergulho no relvado!

Adriano Machado mexeu imediatamente na formação, colocando em campo Joca e João Bastos e retirando os dois laterais da equipa: Fonseca e Bernardo. Os visitantes passaram a jogar num 3-5-2; era o tudo por tudo do São Vicente de Pereira, mas os jogadores pareciam já não acreditar nas mensagens de apoio do técnico… André Costa foi o último homem a entrar para o lugar de Vasco Godinho. E que entrada! Ainda fez o gosto ao pé aos 85’ e relançou a partida, mas já não haveria tempo para mais. Vitória por 3 x 2 do Mosteirô sobre o São Vicente de Pereira. A turma de Arouca avança para a quarta eliminatória enquanto a equipa de São Vicente cai na 3.ª eliminatória; algo que já tinha acontecido na época anterior.

Joel Magina foi o repórter da AVfm no local. Ouça as entrevistas aos técnicos:

  • Adriano Machado – Treinador da ARC S. Vicente Pereira

 

  • António Matos – Treinador da ACRD Mosteirô

 

O São Vicente Pereira na próxima semana desloca-se ao reduto do Mourisquense, enquanto o Mosteirô visita o Milheiroense, em jogos da 12ª jornada do campeonato da 1.ª divisão distrital.

 


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Joel Magina
Áudio: Jaime Valente

Opnião dos Leitores
  1. Pedro   Em   13/12/2017 em 22:46

    Os intervenientes do jogo, nomeadamente nos autores dos golos e de alguns lances relatados estão neste texto completamente errados! Atenção à informação, é preciso ter a certeza da fonte da informação.. Ou então conhecer melhor os jogadores
    Cumprimentos,
    Pedro Ferreira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *