Exibição colorida em dia cinzento: pena a derrota do Esmoriz ao cair do pano…

Por em 24/09/2020

Serão de sábado à tarde, com previsão de elevada precipitação… Era este o cenário para todos aqueles que se aventuraram na expectativa do duelo entre dois velhos conhecidos, o SC Esmoriz e o CF U. Lamas. Ainda assim, apesar das limitações impostas, os números nas bancadas eram consideráveis. O que valeu, foi que o encontro da 2.ª jornada não defraudou, presenteando os apoiantes com uma abundância de emoções…

Entrada a frio, que foi aquecendo com o rolar do esférico…

Apesar das primeiras indicações positivas, foi uma entrada a frio dos Esmorizenses. De um lance confuso dentro da área, a bola sobrou para Diogo Almeida que acabou derrubado dentro da área do Esmoriz e Rui Moreira não teve dúvidas, assinalando para a grande marca. Depois de algum compasso de espera, o experiente Joca, aos 6′ minutos colocou a bola do lado contrário para onde o guardião Ribas se atirou, e fez o golo inaugural do Lamas.

Logo com um passo em falso, a formação da barrinha tentava reagir. No entanto foram os visitantes, na primeira meia hora, quem mais perto, em duas ocasiões, estiveram de ampliar a vantagem. Destaque nessas ocasiões para as intervenções de grande nível de Ribas a impedir o golo a Vando e Joca, após dois erros na primeira fase de construção do SCE.

A partir desse período, seria praticamente o Esmoriz a dominar a última hora da partida. Não fosse a falta de pontaria de Dani Pereira e o atraso no ataque à bola de Edu Ferreira, e provavelmente os Esmorizenses teriam ido para o descanso com o empate “no bolso”.

Segunda parte de grande personalidade, falhou a concentração final…

Após o descanso, o SC Esmoriz não perdeu o fulgor com que terminou o primeiro tempo e foi literalmente para cima do adversário, entrando, desta vez com o “pé direito” literalmente.

Após boa combinação na esquerda do ataque do Esmoriz, com excelente recepção orientada do capitão Dani, o médio picou o esférico por cima da defensiva para a desmarcação de André Pinhal. Apesar do ângulo curto, o extremo encheu-se de fé aos 50′, e rematou cruzado com o peito do seu pé direito, surpreendendo todos, inclusivamente João Diogo. O guardião lamacense acabou por ficar um pouco mal na “fotografia” no tento da igualdade.

O SCE estava por cima e, pouco depois, André Pinhal podia ter bisado na partida, num lance quase a “papel químico” do seu golo. Sempre irrequieto, o extremo estava a criar muitas dificuldades no lado esquerdo da defensiva visitante.

No meio de tanta água, dispensava-se o balde de água fria…

O União aos poucos foi quebrando o ímpeto do Esmoriz, sobretudo depois da entrada de Luís Moreira a reequilibrar o jogo entre linhas, e “cairia do céu” a melhor prenda de todas para um jovem de formação.

“Sai um balde de água fria para a mesa do Esmoriz”…. Nem queriam acreditar no infortúnio provocado por uma saída em falso de Ribas e bela sina para o jovem da formação lamacense, Rafa Ramalho, ao posicionar-se no local certo.

Aos 88′, Vando ganhava a bola de cabeça no duelo com a saída em falso de Ribas, à entrada da área, para ver esta terminar na cabeça do jovem que, com muita sorte à mistura, viu o seu cabeceamento transpor na totalidade a linha do golo, depois de a percorrer uns bons palmos após embate com o ferro direito.

Pouco depois, Rui Moreira apitava para o final de uma partida, que presenciou uma jovem equipa de Esmoriz atrevida, mas com o resultado final do costume. Vitória para o União de Lamas, grande favorito antes do apito inicial, todavia “arrancada a ferros” no Estádio da Barrinha.

No final, muitos elogios para a prestação do SCE dentro de campo, nas entrevistas conduzidas por Helder Ferreira junto ao terreno de jogo. Fiquem com as declarações:

Miguel Correia | Treinador do SC Esmoriz
Luís Martins | Treinador do CF União de Lamas


Campeonato Sabseg 2020/2021 – Jornada 2 – SC Esmoriz x CF U. Lamas

SC Esmoriz
11 inicial: Ribas; Rodrigues, Daniel Oliveira, Pipa, João Valente; Mustaphá, Dani Pereira (c), Rafa; Luisinho, André Pinhal e Edu Ferreira.
suplentes utilizados: Luís Loureiro, Lucas Lima e Hugo Montenegro.
Suplentes: Ricardo, Cardoso, Xico Vieira e Rodrigo.
treinador: Miguel Correia

CF U. Lamas
11 inicial: João Digo; Ricardo Almeida, Sanguedo, Joel (c); Leonel, Diogo Relvas, Pedro Tavares, Belinha; Diogo Almeida, Joca e Vando.
suplentes utilizados: Correia, Luís Moreira, Rafa Ramalho, João Dias Barbosa.
Suplentes: Xavi e João Ramalho.
Treinador: Luís Martins

Resultado ao intervalo – 0 x 1

Resultado final: SC Esmoriz – 1 (André Pinhal 50′) x CF U. Lamas – 2 (Joca GP 6′; Rafa Ramalho 88′)

MVP jogo: André Pinhal (SCE)

Na próxima jornada, aguarda-nos aquele que é o grande e único dérbi concelhio do município de Ovar na época 2020/2021, devido à divisão do Sabseg por zonas. O Esmoriz desloca-se a S. Vicente Pereira, naquele que promete ser um confronto muito interessante, entre duas grandes promessas da Zona Norte.


Fotos: Direitos Reservados
Texto: Helder Ferreira


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST