PSD: Urgências de Aveiro e de Águeda estão com falta de médicos

Por em 26/08/2020

Os deputados eleitos pelo distrito de Aveiro do Partido Social Democrata (PSD), remeteram à Ministra da Saúde, Marta Temido, um conjunto de questões relacionadas com o número insuficiente de médicos destacados para os serviços de urgência do Hospital Infante D. Pedro (Aveiro) e do Hospital Conde Sucena (Águeda).

na noite do passado dia 22 de agosto, o serviço de urgência do Hospital de Aveiro não dispunha de médicos suficientes para assegurar o cabal funcionamento deste serviço e que estavam a ser requisitados os dois únicos médicos que estavam no serviço de urgência do Hospital de Águeda, obrigando ao encerramento deste serviço durante o período noturno

denunciaram os deputados do PSD

Para os laranjas, “os problemas nos serviços de urgências destas duas unidades hospitalares, Águeda e Aveiro, são do conhecimento público e, infelizmente, não se esgotam no episódio relatado que não pode passar despercebido”.

Assim, pretendem saber que medidas serão tomadas pelo Ministério da Saúde para resolver um problema que tem vindo a prejudicar os cuidados de saúde de emergência na região de Aveiro e, consequentemente, os seus utentes.

Como tal, Ana Miguel dos Santos, Carla Madureira, André Neves, Bruno Coimbra, António Topa e Helga Correia questionaram:

  1. A senhora Ministra da Saúde tem conhecimento desta situação?
  2. Qual a situação dos recursos humanos dos serviços de urgências destas duas unidades hospitalares?
  3. Consegue assegurar que esta situação não se repetirá?
  4. Quais as diligências que estão a ser desencadeadas para assegurar o cabal funcionamento destes serviços de urgência?


Foto: Direitos Reservados
Texto:
Irina Silva


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST