Fim-de-semana de dérbi vareiro… mas um daqueles que já ninguém se lembrava

Por em 12/11/2018

Qual é a ementa para um bom sábado à tarde? Ora bem… para muito boa gente, tem de ter bola à mistura. E se for com a boa picardia da rivalidade dentro do campo ainda melhor.

O que muitos dos vareiros de Ovar não apostavam há uns tempos é que um desses bons sábados à tarde ia ser passado com dérbi dentro das quatro linhas, sim, mas um dérbi no feminino e logo entre FC Cortegaça e AD Ovarense.

A verdade é que aconteceu mesmo. Os dois conjuntos do concelho encontraram-se no escalão de Sub-18 naquele que foi um desafio a contar para a 6ª jornada do Campeonato Feminino de Futebol de 7.

No Parque do Buçaquinho, casa das cortegacenses, foi a Ovarense quem levou a melhor. Um golo de Bruna Antunes chegou para cifrar a diferença entre os dois emblemas, mas o placard de 1-0 só prova o quão equilibrada foi a partida.

De facto, este foi o resultado mais apertado para a Ovarense neste campeonato. A turma tri-campeã de Sub-18 está invencível até ao momento e fez miséria nos seus primeiros 4 jogos, registando 32 golos marcados e apenas 2 sofridos. Antes da vitória contra o FC Cortegaça, só a JuveForce não saiu de campo com um saco cheio de golos – perdeu, ainda asim, por esclarecedores 3-0.

A Ovarense assume-se naturalmente a um tetra campeonato e, neste momento, tem apenas o Murtoense à perna. O líder da classificação tem os mesmo 15 pontos que as alvinegras, mas melhor diferença entre golos apontados e concedidos.

Por seu turno, o FC Cortegaça é uma das agradáveis surpresas da prova. O projeto do futebol feminino no clube, apesar de exibir dentes de leite, parece já ter bases sólidas para crescer. Nas Sub-18, a equipa ocupa um honroso 4º lugar e já vai com 3 triunfos em 6 jogos.

O futebol feminino em Ovar começa a ganhar cada vez mais praticantes e, como no masculino e noutras modalidades, as equipas concelhias estão na linha da frente no que diz respeito a resultados desportivos.

Por isso, dérbis assim venham muitos. Não há quem não fique com água na boca quando um destes jogos surge, mesmo que seja um improvável Cortegaça-Ovarense. E, aqui entre nós que ninguém nos ouve, quando os executantes são bons e os projetos são sustentados, só mesmo quando jogam entre eles é que não ficam os dois a rir por último.

Em suma, os nossos ganham sempre.

Veja a fotogaleria do encontro:

 


 

Fotos: António Silva
Texto: Pedro Silva


Opinião dos leitores

Deixa um comentário

O teu e-mail não será divulgado. Obrigatório*


AVfm

Rádio global de âmbito local

A passar agora
TITLE
ARTIST